Na capital Paraense: Belém, PA, Brasil

DESTAQUES

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Fatos & Curiosidades: A sonda Rosetta e sua viagem espacial.

O que é a Missão Rosetta ?

(Foto: Reprodução)

Missão Rosetta é um programa de pesquisa da Agência Espacial Europeia. Ela foi iniciada em novembro de 1993. O envio da sonda Philae até o cometa 67P é parte da Missão Rosetta.
A viagem da Rosetta começou em março de 2004.

Decolou da Terra lançada por um foguete Ariane 5, depois de duas tentativas fracassadas e um adiamento. A Rosetta levava consigo um robô pousador chamado Philae. O objetivo da missão era alcançar a órbita do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko para estudar sua composição. A viagem da nave até o cometa não foi direta porque não existe um foguete com tal potência. Por isso, foi tomando impulso gravitacional ao se aproximar de alguns planetas, como a Terra e Marte. A Rosetta teve que hibernar durante 31 meses porque viajava tão longe do Sol que não recebia suficiente radiação que a suprisse de energia.

O estudo dos cometas é fundamental para o entendimento de como a vida apareceu na Terra, porque são elementos fundadores do sistema solar. Ainda mantêm muitos dos componentes que estavam presentes na Terra na altura em que foi formada, e podem explicar o que levou ao aparecimento da vida no planeta.

Desde que foi lançada na época a  Rosetta resistiu 12 anos no espaço. Não foi construída para sobreviver a esta próxima etapa. Armelle Hubault explica que “a estrutura de um satélite é muito, muito leve e frágil. A Rosetta não foi de todo concebida para aguentar gravidade. É um satélite que orbita em torno de um cometa, é um corpo muito delicado. Vai acabar por esmagar-se no impacto.

Veja a foto da Terra tirada pelo Rosetta enquanto usava a gravidade para ganhar velocidade.

(Foto: Reprodução)

Que bela imagem!

E agora vamos descobrir 
O que é o 67P/Churyumov-Gerasimenko?

Ele é um cometa. Foi descoberto em 1969 por astrônomos soviéticos – Klim Churyumov e Svetlana Gerasimenko. O 67P foi batizado em homenagem a eles.

(Foto: Reprodução)

A imagem é na verdade uma das primeiras fotos tiradas do cometa. A região foi fotografada em 22 de setembro de 2014, apenas um mês e meio depois que a sonda da Agência Espacial Européia começou a orbitar o cometa. A imagem foi selecionada e processada pelo cientista Jacint Roger Perez, da Espanha, usando três imagens da câmera OSIRIS da espaçonave.

(Foto: Reprodução)

O fundo da imagem mostra as regiões de Babi e Aker e logo abaixo, o penhasco de Aswan, um precipício de 134 metros de altura que separa as regiões de Seth e Hapi. Uma observação subsequente em agosto de 2015 revelou que parte do penhasco havia desmoronado quando o cometa se aproximava do seu periélio, o ponto em sua órbita de seis anos, onde ele está mais próximo do Sol. Durante esse tempo, a atividade na superfície do cometa aumenta, o que pode alterar significativamente o terreno.

Apesar da visão de perto da imagem, Rosetta estava a aproximadamente 28,2 quilômetros da superfície quando a foto foi tirada. Naquela altitude, Rosetta foi capaz de fazer a imagem e estudar o cometa com detalhes extraordinários. Os 11 instrumentos científicos que compõem o seu arsenal foram usados para escanear a superfície do cometa, fazer uma sonda debaixo dela e estudar a poeira, gás e plasma que a cercam.

Em 30 de setembro de 2016, a Rosetta concluiu sua missão em pouso forçado no Cometa 67P / Churyumov-Gerasimenko (Abreviado para 67P). A sonda estudou o cometa por mais de dois anos, até os seus momentos finais.

‘Rosetta’ cumpre seu destino e morre em seu cometa.

Termino aqui e deixo vocês com essa imagem do lançamento da Rosetta e que em futuro não tão distante,todos possamos compreender melhor o espaço e tudo que há nele e quem sabe fazer uma viagem espacial de ida e volta claro.

(Foto: Reprodução)

Até logo e fiquem todos ligados aqui no fatos e curiosidades.

Amor, Gratidão e fé.






Continue Lendo...

domingo, 21 de outubro de 2018

Fatos & Curiosidades: O boneco do fofão - O mistério da adaga!


(Foto: Reprodução)

Todos sabemos que o brasileiro é um povo supersticioso  e curioso. Se você cresceu nos anos 80 e começo dos 90, este boneco é o responsável por uma das maiores lendas urbanas brasileiras daquela época.

Originalmente este personagem ganhou fama através do programa Balão Mágico, programa este televisionado pela Rede Globo e esteve no ar de 1983 à 1986. Mas devido ao sucesso do personagem, acabou ganhando um programa de TV somente dele, na Rede Bandeirantes e ficou no ar de 1986 até o ano de 1989.

Estamos falando da lenda do Fofão. Se você não viveu naquela época, é possível que tenha ouvido a respeito.Reza a lenda que o ator (Orival Pessini) que atuava como o Fofão teria feito um pacto com o diabo para que ele conseguisse fama e dinheiro, em troca, ele “levaria” o satanás para dentro de todas as casas dos que comprassem os bonecos.

Outra teoria diz que os fabricantes é que seriam os seres do imundo e que tinham o mesmo intuito, de levar o mal para dentro das casas das pessoas. Ainda segundo a lenda o boneco deveria ser destruído imediatamente, de preferência com o fogo.

Na época,o fabricante não tinha  o enchimento em fibra de poliéster como hoje, então enchiam com microesferas de isopor. Como esse material não  dava estabilidade no boneco, precisou desenvolver uma estrutura em que se fixava a cabeça e, posteriormente, a introduzia no corpo, com boneco já envasado com as microesferas.

Para facilitar o processo, essa estrutura tinha forma alongada, o que se assemelhava a uma adaga. Mas ela não era pontiaguda nem cortante, assim afirmou o criador do boneco.

(Foto: Reprodução)

Varias pessoas acreditaram nessa lenda, alguns se desfizeram do boneco. O criador do boneco foi o Sr. Deusenir Prieto, gerente de desenvolvimentos na Mimo, que o fabricou no anos 80!

A lenda foi tão marcante que a revista Mundo Estranho de Outubro de 2015, quase depois de 20 anos depois do lançamento do boneco, trouxe como matéria de capa "Brinquedos Assassinos - As lendas urbanas dos bonecos do Fofão e Xuxa. Annabelle e outras maldições da vida real.

O parque com pacto demoníaco que matou seis; E muito mais!". Adivinha quem era o boneco da capa? Fofão, segurando um punhal.

(Foto: Reprodução)

Orival Pessini, foi quem deu vida ao Fofão e diversos outros personagens, morreu no dia 14 de outubro em São Paulo, vítima de um câncer. A família do ator, nascido em Pompeia em 1944, acompanhou de perto a luta dele contra a doença.

Em 2015 foi lançado o DVD #FofãoForever,recentemente, em 2016, o boneco do Fofão foi relançado pela empresa Anjo Brinquedos de Laranjal Paulista-SP.

É isso meus leitores, realmente existiu um punhal, mas era apenas a sustentação do boneco e não pacto demoníaco como muitos pensaram na época ou talvez não né, quem sabe realmente 100% de uma história?

Até o próximo domingo comigo no fatos e curiosidades.

Amor, Gratidão e fé.






Continue Lendo...

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Fatos & Curiosidades: Penitenciária de Cariri - Espíritos presos à Terra, após a morte?

(Foto: Reprodução)

Esse temível lugar, localizado no Ceará, especificamente em Juazeiro do Norte, já foi alvo até mesmo de um massacre em massa de mulheres. Ao qual resultaram em uma série de relatos posteriores de gritos de dor, gemidos e sussurros femininos.

Algo assustador só de contar para vocês...

Os presos e funcionários da prisão juram que já viram as portas e as janelas se abrirem e fecharem sozinhas, declaram também que ouviram sons de passos e choro de lamúria. Eles falam que esses choros que escutam são oriundos das mulheres que foram assassinadas pelos homicidas presos. Esses sons acontecem principalmente durante a noite.

Muitos policiais que trabalham na penitenciária contam que durante a ronda pelos corredores, dizem que ouvem passos atrás de si e no momento que viram para olhar, não há nenhuma pessoa.
Não são apenas policiais que afirmam terem visto ou ouvido coisas do além. Os detentos confirmam tais histórias. Portas e janelas se fecham sozinhas, sem qualquer influência do vento, sussurros são ouvidos claramente - principalmente, à noite -, choros, lamentações e pedidos de socorro.

Não são poucos os policiais que dizem ter ouvido passos atras de si quando andam pelos corredores. Quando olha para trás, ninguém é visto. Há um comentário alegando que até as câmeras de segurança da central de monitoramento já tiveram a oportunidade de captar vultos. Porém, como as imagens são confidenciais e, por sua vez, não foram disponibilizadas na internet, isso não pôde, até agora, ser confirmado.

Há uma teoria, até agora a mais aceita entre os populares da região, que acredita que os espíritos que rondam o local e assombram a todos diariamente são de vítimas que foram assassinadas pelos presos do local. Portanto, se essa for a verdade, será impossível ter ideia de quantos espectros habitam a penitenciária.

(Foto: Reprodução)

As pessoas que lá estão presas, trabalham na confecção de joias, bolas de futebol e na marcenaria, em troca de redução na sentença dos presos. Um lugar assim cheio de dor,mortes e muitas barbaridades só podia ocorrer fenômenos sobrenaturais.

No caso de mortes violentas como acidentes e assassinatos, podemos resumir assim:
não perceber que desencarnou e continuar agindo como se estive entre nós ainda, até que no momento propício possa ter o esclarecimento por parte dos Bons Espíritos (nunca ficamos sozinhos). Ficar psicologicamente preso ao momento do desencarne, ou seja, num grande sofrimento, para tentar evitar o que aconteceu, numa tentativa de se salvar.

 Neste caso ocorre como uma “fixação” do pensamento naquele momento, e o espírito fica preso, num processo de perturbação e sofrimento sem notar que desencarnou e ficar confuso (perturbação normal no momento do desencarne). Muitas vezes fica pensando que se trata de um pesadelo e que logo despertará.

Adormecer e ser atendido diretamente em postos ou instituições de socorro no plano espiritual, ser despertado suavemente e esclarecido.

Todos devem saber que os espíritos precisam ir ao plano espiritual e jamais devem ficar aqui na Terra presos a nós e a vida que viveram.

Seja qual for o tipo de morte que uma pessoa tiver, a única coisa que o seu espírito precisará, é do conforto das preces e da aceitação daqueles que aqui ficaram. A morte só existe para o corpo físico porque o espírito é imortal. Deus não tem nenhum dos seus filhos morto. Confiemos mais na nossa imortalidade, pois com ela tudo mudará em nós.

Enfim,o mistério sobre os gritos e lamentações continuam por lá.

Até a próxima...

Amor, Gratidão e Fé.








Continue Lendo...

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Fatos & Curiosidades: DESMOND DOSS - O herói que salvou 75 vida na 2ª Grande Guerra

(Foto: Reprodução)

Desmond nasceu no dia 7 de fevereiro de 1919 na cidade de Lynchburg, na Virgínia (EUA). Desde cedo ele já demonstrava ser extremamente empático; ainda na infância, ele andou nove quilômetros para doar sangue a uma vítima de um acidente.

Sua repulsa em relação a armas de fogo começou quando seu pai, bêbado, sacou uma arma durante uma discussão com seu tio.Nessa ocasião, a mãe de Desmond lhe pediu para pegar a pistola (uma calibre .45) e escondê-la em algum lugar seguro.

Visto que naquela época o norte-americano já frequentava a Igreja Adventista do Sétimo Dia, ele prometeu para si mesmo que jamais tocaria em uma arma novamente — promessa que, por mais incrível que possa parecer para alguém que serviu ao exército, foi cumprida com êxito.

Ao completar 18 anos de idade, Desmond se alistou às Forças Armadas e passou a trabalhar nos estaleiros de Newport News. Com a explosão da Segunda Guerra Mundial, foi convocado para lutar

— mas sua insistência em não carregar armas ou matar pessoas causou estranheza em seu esquadrão.

BATALHA SANGRENTA

Foi no dia 5 de maio de 1945 que Desmond se tornaria o herói que todos conhecem. Na batalha da Escarpa de Maeda, como ficou conhecido o conflito ocorrido em Okinawa (Japão), o exército japonês esperou até que toda a tropa ocidental estivesse cruzando a planície para iniciar seu ataque, atirando e lançando morteiros contra os soldados. Os militares estadunidenses foram massacrados em poucos segundos.

Felizmente, eles tinham Desmond. O médico, em pleno campo de batalha, tratou das feridas de seus colegas enquanto arriscava sua própria vida. Banhado em sangue alheio, ele fez torniquetes, aplicou técnicas de primeiros-socorros e carregou seus amigos até as bordas do cume, deslizando-os cuidadosamente para um lugar seguro. Em aproximadamente 12 horas de trabalho ininterrupto, Desmond salvou 75 vidas.

(Foto: Reprodução)

Desmond não tinha amigos. Seus colegas no campo de treinamento o consideravam inútil, arremessavam botas enquanto ele rezava em seu bunker e o sobrecarregavam com tarefas ingratas aos domingos, visto que, aos sábados, ele se recusava a trabalhar para respeitar o descanso sagrado previsto em sua religião. Mesmo com tantos obstáculos, Desmond continuava firme e forte em suas convicções.

Além de uma medalha de honra, Desmond ganhou um presente curioso de seus oficiais após a conquista americana naquele território: sua bíblia, que carregava consigo desde o seu ingresso no Exército e que havia sido perdida durante uma das batalhas. Seus amigos vasculharam toda a área até encontrar o tomo, que foi devidamente devolvido ao herói.

(Foto: Reprodução)

Desmond morreu em 2006 aos 87 anos, após ser internado com problemas respiratórios.
São histórias como essa que nos inspiram a ser pessoas melhores e de coração humilde e mãos estendidas para ajudar o próximo.

Que a atitude de Desmond motive cada pessoa a fazer o bem por amor e em meio a uma dor,ele escolheu não matar,não ferir e sim ajudar da maneira que sabia e podia naquele momento.

Amor, Gratidão e fé.


Continue Lendo...

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Fatos & Curiosidades: Círio de Nazaré - Amor, devoção e fé.



(Foto: Reprodução)

Nos dias atuais ouvimos muito falar na “força de acreditar”. A perseverança é uma característica impressionante do ser humano e imprescindível para qualquer cristão. Aquele que persevera é constante, mesmo que as circunstâncias sejam adversas.

A promessa é um compromisso que firmamos com Deus, para rogarmos que Ele escute nossas preces e atenda algum pedido necessário ao nosso bem-estar ou à nossa sobrevivência. Em troca, prometemos louvor, devoção e uma espécie de “sacrifício” para provar nossa gratidão e honrar o nome do Senhor. Filhos que pedem por suas mães, pais desesperados que recorrem aos santos para curar doenças na família, devotos que procuram emprego, paz ou reconciliação…
São muitos os motivos que levam as pessoas a pedirem ajuda divina.

No Círio de Nazaré essas promessas são dirigidas à mãe de jesus,para que por meio dela e por seu amor maternal todos os pedidos sejam ouvidos e  atendidos levados por ela à seu filho Jesus Cristo e assim então a Deus.

(Foto: Reprodução)


Início da devoção no Brasil

A devoção por Nossa Senhora de Nazaré em território brasileiro foi uma herança de Portugal, e começou na cidade de Vigia, no nordeste do Pará. Mas o início do que viria a ser o Círio aconteceu no ano de 1700, em Belém, quando o caboclo Plácido José dos Santos andava pela antiga estrada do Utinga, atual avenida Nazaré, e viu às margens do igarapé Murutucu (que era localizado atrás do que hoje é a Basílica) uma pequena imagem da virgem Maria. Ele a levou para casa, a colocou em um dos cômodos e foi dormir. No dia seguinte, ao procurar a imagem, constatou que ela havia sumido. Surpreso, Plácido retornou até o igarapé e a reencontrou no mesmo lugar que estava no dia anterior.

Plácido, então, imaginou que este fosse o desejo da santa, e decidiu construir uma pequena capela para a imagem. Com o tempo, a notícia do “milagre” se espalhou e atraiu diversos habitantes da cidade que, de curiosos, passaram a fazer parte do grupo de fiéis devotos a Nossa Senhora. A cada ano, aumentava o número de pessoas que procuravam a imagem milagrosa e, ao alcançar suas graças, retornavam até a cabana do caboclo para ofertarem ex-votos, objetos de cera representando membros do corpo humano, muletas ou retratos, forma utilizada pelos fiéis para demonstrar o reconhecimento pelos pedidos atendidos.

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

A procissão do Círio de Nossa Senhora de Nazaré é sempre no segundo domingo de outubro, esse ano dia 14, mas as celebrações tem início na terça-feira, dia 09/10, com uma missa solene. Na quinta, 11/10, acontece a Missa de apresentação do manto. Na sexta-feira, 12/10,  a imagem é levada aos moradores dos municípios de Marituba e Ananindeua, em um trajeto de 55 km.

No sábado, 13/10, a imagem segue até o distrito de Icoaraci, de onde parte a romaria fluvial conhecida como Círio das Águas. Na chegada de barco até a capital, a imagem de Nossa Senhora de Nazaré é recepcionada por motociclistas, que a escoltam até o Colégio Gentil Bittencourt, na Avenida Magalhães Barata. À noite, após a missa, uma nova comitiva conduz a imagem até a Catedral da Sé, com milhares de fiéis segurando velas. Quase todas as casas, estabelecimentos comerciais e públicos são decorados com o tema da festa.

Com ilustração de rosas e borboletas, o cartaz faz referência ao tema do Círio deste ano: “Uma jovem chamada Maria".

(Foto: Reprodução)

A imagem da Virgem de Nazaré fica exposta por mais 15 dias na Basílica. Então, se você quiser, pode dar uma esticadinha da viagem para poder conhecer o local com mais tranquilidade.O Círio de Nazaré é considerado o maior evento religioso do país e um dos que mais reúne fiéis em todo o mundo. Só para ter uma noção, a festa do Círio é tão importante em todo o estado do Pará que pode ser comparada a celebração do Natal.

A primeira procissão oficial do Círio foi realizada em 1793.

A tradição do Círio marca 226 anos de devoção mariana em Belém.

(Foto: Reprodução)

Tenha FÉ, CREIA, AGRADEÇA, CONFIE.

O poder está na fé, na caridade e na transformação do espírito.

Não importa a religião, não importa a Igreja, o que importa é a fé. Deus é um só, nós e que somos muitos e sem ele, não somos nada !

Leônia Teixeira.

(Foto: Reprodução)

Venham conhecer Belém e sentir de perto o poder do amor e da fé de cada um que acompanha o Círio de Nazaré.

anote essas dicas e prepare-se para andar muito!

Fazer uma boa alimentação antes de sair de casa;

- Usar roupas leves e confortáveis;pois em Belém faz muito calor.

- Beber água antes e durante a procissão, para evitar casos de desidratação.

- Importante usar roupas leves (de preferência de algodão) e evitar jeans.

A duração da romaria é uma controvérsia entre os fiéis. Já houve um Círio de Nazaré que durou dez horas. Foi o de 2004, que chegou ao ponto final (a Praça Santuário) às 16h. E já houve outros que chegaram antes do meio-dia.

Pra fechar o calendário, tem ainda a missa de encerramento às 19h30 na Basílica Santuário e o Espetáculo Pirotécnico. Este é um momento bastante aguardado e pode ser visto de longe, de vários bairros de Belém. Ele começa às 21h na Praça Santuário.

(Foto: Reprodução)

Eu vou indo e deixo vocês cobertos pelo manto sagrado da mãe de jesus e seguros pela proteção de Deus.

Amor, Gratidão e fé.


Continue Lendo...

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Fatos & Curiosidades: Phaistos - O Disco de Festo


O disco de Phaistos foi descoberto na Ilha de Creta, no porão da sala  XL-101 do Palácio Minoano, perto de Hagia Triada, na costa sul de Creta. Com 16 cm de diâmetro, os dois lados do disco contêm vários símbolos que incluem representações de homens a correr, cabeças com coroas de penas, mulheres, crianças, animais, pássaros, insetos, ferramentas, armas e plantas.

Parece que agora será possível descobrir o que significa a linguagem misteriosa inscrita no disco que já tem mais de quatro mil anos, A descoberta arqueológica de 1700 a.C. revela finalmente os seus segredos,será mesmo?

É a coisa mais próxima de uma Pedra de Rosetta que temos dos minoicos, afirmou Owens numa conferência TED. Comparando assim o Disco de Phaistos à Pedra de Rosetta, encontrada por Champollion durante as campanhas napoleónicas no Egito, que permitiu que os cientistas compreendessem os antigos hieróglifos dos faraós.

Atualmente o Disco de Phaistos está em exibição no museu arqueológico de Heraclião em Creta, Grécia.

O cientista Gareth Owens, investigador linguista do Instituto Tecnológico Educacional de Creta, informou que cerca de 90% de um lado do disco foi decifrado. Durante seis anos, Owens trabalhou com John Coleman, professor de fonética de Oxford, e conseguiram descobrir não só o som dessa linguagem, mas também parte do seu significado.

Owens, que se refere ao disco como o «primeiro CD-ROM minoico», afirmou que o disco circular de barro contém uma oração para a deusa mãe da civilização minoica, já que, segundo suas transcrições, um lado é dedicado a uma mulher grávida e o outro a uma mulher a dar à luz. A oração lê-se numa direção espiral, pois dá a volta ao Disco, de fora para o centro.

Logo abaixo tem um vídeo que explica melhor sobre esse misterioso e antigo artefato.




Amor, Gratidão e Fé.





Continue Lendo...