Na capital Paraense: Belém, PA, Brasil

DESTAQUES

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Eliana gera climão no ‘Programa do Porchat’ ao citar Luciano Huck

Apresentadora foi convidada pelo humorista a falar sobre vida e carreira.

(Foto: Reprodução)

Na noite desta segunda-feira, 24, Eliana foi a convidada do “Programa do Porchat”, na Record TV, e bateu um papo com o apresentador sobre sua vida e sua carreira. A participação da apresentadora viralizou nas redes sociais e foi muito comentada entre os internautas.
Um dos momentos mais curiosos do programa foi um quadro em que ela foi convidada a responder perguntas um tanto comprometedoras de Fabio Porchat, tendo que martelar pregos em fotografias de famosos.
Em uma das questões, Eliana foi desafiada a escolher uma das pessoas das fotos para aparecer num sonho erótico com ela. A apresentadora preferiu não responder, mas deixou claro que teria uma resposta em sua mente. Uma das imagens exibidas era de Luciano Huck, ex-namorado da apresentadora.
“Se não tivesse rede social, eu responderia na real. Mas não vou responder essa pergunta. Da minha vida, cuido eu.”, disse Eliana.
Depois, Porchat quis saber qual dos famosos Eliana não permitiria que cobrisse suas férias:
“Luciano Huck”, respondeu a apresentadora.
“Por quê?”, perguntou Porchat.
“Não sei” ela disse, fugindo da resposta.
“Coisas do passado”, brincou o apresentador.
Com informações de Catraca Livre.
Continue Lendo...

Pra Você: 15 coisas para você cuidar da sua saúde mental neste mês

Cuidar da sua saúde mental é tão importante quanto da saúde do corpo.

(Foto: Reprodução)

Por mais que o Setembro Amarelo, campanha de prevenção ao suicídio, dure 30 dias, isso não significa que você precisa se esquecer de cuidar da sua saúde mental no resto do ano. A ideia é que se adote hábitos que sejam um carinho diário nesse sentido e que te ajudem a se sentir cada vez melhor e mais consciente do que você pensa.

Cuidar da sua saúde mental é tão importante quanto da saúde do corpo, porque os dois estão intimamente ligados: se você não está emocionalmente bem, o seu corpo vai mostrar sinais disso, e vice-versa. Por isso leve o que você sente a sério e cuide de si mesma com gentileza – além de incentivar outras pessoas a fazer o mesmo.

É assim que começamos um diálogo saudável sobre as doenças mentais, como a ansiedade e a depressão. Cuidando de si em todos os aspectos e abrindo espaço para falar das nossas dificuldades sem ver um tabu em cada uma delas.

Tenha em mãos essas dicas para te ajudar a cuidar da sua saúde mental este mês:

1.Se permita sentir em vez de reprimir o que sente


Se você está com raiva, se deixe sentir a raiva, a tristeza. Não reprima o que você sente – isso só alimenta ainda mais essa sensação. Olhe de frente para ela e saiba que é ok sentir o que você está sentindo. Isso ajuda esse sentimento ruim dissolver mais rápido e diminui a sua culpa por sentir isso.

2.Tire o ‘deveria’ do seu vocabulário

Uma das piores coisas que você pode fazer é dizer ‘deveria’ ter feito ou falado alguma coisa que não fez ou falou. Ou que as coisas ‘deveriam’ ter acontecido de um jeito diferente. Tire o ‘deveria’ do seu vocabulário e trabalhe apenas com os fatos. Não perca tempo imaginando como as coisas seriam se você tivesse agido diferente, isso só gera uma frustração desnecessária que te desmotiva e desincentiva.

3.Comece um diário

Escrever é um exercício muito catártico. Você coloca no papel o que está na sua mente e se sente melhor depois, mais leve. Fora que os problemas nunca parecem tão grandes assim quando você os coloca no papel. Crie o hábito de escrever um pouco todos os dias sobre o que você sentiu e como você está, ou de colocar no papel (seja físico ou digital) o que está na sua mente em momentos de ansiedade ou raiva.

4.Faça a sua cama todos os dias

Uma maneira prática e fácil de começar o dia com um senso de realização é tirar alguns minutos para fazer a sua cama assim que você acordar. É uma ação pequena, mas que gera um bem-estar imediato, e você já se sente mais motivada para continuar com o seu dia.

5.Adote um hobby que te faça sentir bem

Você pode começar a tricotar, a fazer bordados, a desenhar ou pintar livros de colorir. Vale até brincar com maquiagens diferentes ou andar de bicicleta por alguns minutos todos os dias. Mas pense em algo que você goste e que te deixe com o coração quentinho.

6.Separe um dinheiro para comprar algo que você ama todo mês 

A gente não quer incentivar o consumismo desenfreado, não é isso. Mas a gente se preocupa tanto com as contas, os boletos e as responsabilidades da vida adulta que esquece de investir também na gente. Separe um orçamento (pode ser R$50 no mês) para gastar com algo que você queria muito. Pode ser um doce gostoso, uma massagem, um batom, um livro… alguma coisa que você curta e que te faça sentir bem. Não necessariamente esse dinheiro precisa ser gasto em coisas, mas em experiências que te lembrem que você também merece gastar o seu dinheiro com você.

7.Encontre um terapeuta que você gosta de verdade 

Se você faz terapia, sabe a importância de fazer esse tratamento com um profissional que você goste. Se você pensa em começar esse tratamento, então precisa ter em mente que, antes de mais nada, o terapeuta é uma pessoa para quem você vai contar os seus segredos mais profundos, falar sobre dificuldades e sensações complicadas – por isso, ele precisa ser alguém que você goste e com quem você se sente confortável.

8.Durma um pouquinho a mais 

A gente não vai falar para você dormir mais porque é difícil mesmo. Mas tente, pelo menos algumas vezes na semana, dormir uma ou duas horas a mais – você pode tentar dormir mais cedo ou se dar meia hora a mais de sono pela manhã. Mas se permita dormir um pouquinho a mais e descansar o corpo.

9.Preste atenção no quanto você reclama 

Acredite, você vai se surpreender com o quanto você reclama em um dia. A reclamação é um vício que alimenta uma sensação ruim dentro da gente – é uma crítica constante, pronta para sair a qualquer minuto. E reclamar tem uma energia negativa que a gente joga no mundo e que, com certeza, volta para a gente depois. Fique ligada e evite reclamar tanto, você vai perceber a diferença que isso faz no seu humor.

10.Decore a sua mesa com coisas que te inspiram

Quadrinhos bonitos, frases inspiradoras, objetos que você ama… Use a sua mesa de trabalho como um âmbito de inspiração, um lugar que te incentiva a trabalhar e ser mais criativa.

11.Comemore mais as suas pequenas vitórias

Sinta-se livre para celebrar quando você conseguiu arrumar a sua cama antes de sair de casa ou porque comeu uma refeição completa e saudável no almoço. As pequenas coisas eu você faz no seu dia são, sim, vitórias e esse hábito é uma forma incrível de cuidar da sua saúde mental – você começa a perceber a sua capacidade e se sente mais motivada a cada nova conquista.

12.Converse sobre o que você sente com as suas amigas

Sem medo de ser julgada, ok? Seja sincera, converse com elas e abra o seu coração. Você precisa de pessoas à sua volta que estejam dispostas a ouvir o que você tem a dizer e ajudar você nesse caminho, e vice-versa. Faça por elas o mesmo que elas fazem por você.

13.Dê um tempo das redes sociais 

Facebook, Instagram, Twitter… As redes sociais estão sempre cheias de informação e isso causa uma ansiedade generalizada – além de FOMO, a sensação de que você deveria estar em algum lugar onde não está no momento. Dê uma pausa, delete os aplicativos do seu celular e aprenda a ficar um tempo afastada dessa enxurrada de informação. A gente garante que você vai se sentir melhor.

14.Ande com uma garrafa de água 

Além de ser muito importante você manter o corpo hidratado, fazer pausas para tomar água pode ser uma maneira de você lembrar de respirar fundo, acalmar a mente e olhar com mais clareza para as situações.

15.Faça alguma coisa por alguém 

Compre um café para um amigo, ajude alguém no seu trabalho, faça algumas horas de trabalho voluntário… Tire o foco de você e cuide de outra pessoa por alguns momentos. É impossível você não se sentir bem depois disso. Com informações de Catraca Livre.
Continue Lendo...

Eleições 2018: Brasileiros inventam ferramenta para facilitar o voto consciente

Inspirada no Tinder, plataforma leva apenas 4 minutos para ajudar o eleitor a encontrar candidatos com as mesmas afinidades de pensamento.

(Foto: Reprodução)

Em apenas quatro minutos é possível evitar um erro que custa quatro anos ao escolher um candidato a senador, deputado federal ou estadual em qualquer parte do país. Batizada de “Tem Meu Voto”,  essa ferramenta digital foi escolhida pela plataforma “Mestres da Criatividade”, da Catraca Livre,  como uma das melhores invenções desenvolvidas para facilitar o voto consciente dos brasileiros.
Mestres da Criatividade é uma plataforma que reúne exemplos de criatividade no Brasil e no mundo para ajudar a desenvolver a imaginação.
O funcionamento é simples, inspirado no Tinder: a pessoa responde apenas 7 perguntas e, no final, verá uma lista de candidatos com alguma afinidade. Para experimentar,  clique aqui
Todas as informações foram coletadas de sites oficiais, como da Justiça Eleitoral e do sistema DivulgaCand (Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais), e de dados fornecidos pelos próprios candidatos –como propostas para o exercício do mandato, prioridades e minibiografia.
Ao entrar na plataforma, o usuário é convidado a responder a sete questões sobre temas como economia e costumes. Com base nas respostas, o site exibirá quais postulantes a deputado estadual e federal e a senador estão afinados com as opiniões do eleitor.
“Tem meu voto” é uma criação coletiva acima dos partidos, ideologias de candidatura. Foi idealizada por um grupo de profissionais liberais e 17 organizações –entre elas o Livres, RenovaBR, Brasil21 e o Agora – e profissionais das mais diversas áreas: jornalismo, tecnologia da informação, ciências sociais, design e redes sociais. Com informações de Catraca Livre.
Continue Lendo...

Eleições 2018: Como consultar seu local de votação na internet e salvá-lo no Google Maps

(Fotos: Reprodução)

O dia das eleições no Brasil está chegando e, se você não quer deixar tudo para a última hora, é bom já saber onde você vai votar. Felizmente, descobrir onde fica sua zona eleitoral está mais fácil do que nunca graças a novas ferramentas que surgiram na internet e para celulares.

A seguir, veja como descobrir qual o local em que você precisa comparecer para votar. O tutorial abaixo explica como realizar os processos no computador e no celular e também mostra como salvar o local de votação no Google Maps.

No computador

As informações sobre o seu local de votação ficam disponíveis no site do TSE. Para checá-las no computador, siga os seguintes passos:

Acesse este link

Preencha as informações conforme solicitado. Os dados devem ficar preenchidos exatamente como constam em seus documentos oficiais. Marque a opção “Não sou um robô” e clique em “Consultar”.

(Foto: Reprodução)

Após preencher os dados, você verá na tela as informações do local em que você deve comparecer para votar.


(Foto: Reprodução)

No celular

Para fazer a consulta em seu celular com o Android ou iOS, o processo é praticamente o mesmo, já que pode ser feito pelo mesmo site. Veja como fazer:

1. Acesse este link;

2. Preencha as informações conforme solicitado. Os dados devem ficar preenchidos exatamente como constam em seus documentos oficiais. Marque a opção “Não sou um robô” e clique em “Consultar”.

(Foto: Reprodução)


Salvando o local de votação no Google Maps

Depois de ter consultado o local de votação, uma boa ideia é salvá-lo no Google Maps, apenas para facilitar a sua vida para chegar até lá. Veja como fazer:

1. No seu celular, abra o Google Maps e digite o endereço do local de votação;


(Foto: Reprodução)

2. Toque no local indicado no mapa e então em “Salvar”;


(Foto: Reprodução)

3. Clique em “Nova lista”, dê o nome “Local de votação” e toque em “Criar”.


(Foto: Reprodução)

Pronto! Agora, o local de votação estará disponível na parte de “Seus lugares” dentro do Google Maps. Com os passos acima, você já está preparado para chegar ao local correto de votação.

Fonte: Olhar Digital
Continue Lendo...

Indígena, mestres de carimbó e moldagem de cerâmica marcam disputa dos Botos no Sairé 2018 em Santarém


O Grupo Sociocultural Boto Tucuxi e a Associação Folclórica Boto Cor de Rosa animaram a terceira noite do Sairé 2018, que ocorre na Vila de Alter do Chão, desde a quinta-feira (20). As entidades folclóricas levaram para o Lago dos Botos muitas cores, luz, brilho, encenação, sons e personagens da Amazônia. As apresnetações foram baseadas em uma das lendas mais famosas da Amazônia, a Lenda do Boto. (Confira tudo sobre o Sairé 2018)


Boto Tucuxi

Com 800 brincantes, o primeiro a entrar no Lago foi o Tucuxi que defendeu o tema “Identidade Tapajônica”. A apresentação teve surpresa logo no início quando uma indígena que representou a índia guerreira subiu ao palco levando a mensagem de preservação do Rio Tapajós. Durante a encenação, o boto animal chegou a ser alimentado com peixe verídico.



Outro momento marcante da apresentação foi à entrada do Curandeiro, que chegou ao Lago em uma alegoria de flexa gigante. A flexa significa Borari na língua indígena. “Falamos das belezas de Santarém, de Alter do Chão valorizando sempre os artistas de Santarém e Alter do Chão e mostramos as belezas, o que representa nossa identidade. Na abertura buscamos a essência do ritual como ano passado e apostamos no ritual”, destacou o coordenador de alegorias, Junior Sousa.

Pela primeira vez representando o item Rainha do Sairé, Valentina Lima Coimbra estava nervosa, mas disse que se preparou bastante. “Tive que fazer um trabalho de adaptação com a saia que pesa pouco mais de 50 quilos. Como meu item representa a parte religiosa, então eu tenho que ser delicada nos movimentos.”





Boto Cor de Rosa

Com 700 brincantes no Lago dos Botos, o Cor de Rosa defendeu o tema “A origem Borari”. Um dos momentos de maior destaque foi a participação dos mestres de carimbó: Chico Malta, Paulinho Barreto, e Leopardo que integram o Movimento de Carimbó do Oeste do Pará. Ainda no item carimbó o Cor de Rosa contou com a apresentação de Silvan Galvão que divulga o carimbó para todo o Brasil.

Outro momento importante foi o destaque à cerâmica Tapajônica. Com a participação do ceramista Jeferson Paiva, neto do saudoso mestre Isauro e o ceramista Elvis Costa foram moldados vasos no momento da apresentação. E como surpresa, a rainha do artesanato saiu de dentro de uma alegoria de cerâmica gigante. “É a primeira vez que participo. Ser rainha do artesanato é uma grande responsabilidade. Foram muitas semanas de preparação. Me sinto honrada e,m representar uma das riquezas culturas de nossa região”, afirmou a Rainha do Artesanato do Cor de Rosa, Jéssica Ramalho.






“Mostramos a história de um povo, buscamos as origens de nossa gente, dos indígenas nativos. Fizemos uma grande viagem na nossa própria história”, enfatizou o coordenador artístico cultural do Boto Cor de Rosa Nilson Coelho.

As duas arquibancadas com capacidade para quase 4 mil pessoas ficaram lotadas durante as duas apresentações. O autônomo Jeferson Duarte, que veio de São Paulo para prestigiar evento ficou fascinado. “É realmente um espetáculo a céu aberto. Ver as lendas da Amazônia representadas pelos dois botos é magnífico, é encantador. Gostei, recomendo, e estou organizando para no próximo ano, estar aqui de novo, com esse povo que de fato acolhedor”.

Os quatro jurados avaliaram 16 itens (Apresentador, Cantador, Rainha do Sairé, Cabocla Borari, Curandeiro, Rainha do Artesanato, Boto Homem Encantador, Boto Animal Evolução, Rainha do Lago Verde, Carimbó, Organização do Conjunto Folclórico, Alegorias, Letra e Música, Ritual, Torcida).





*Fotos: Reprodução

Com informações de A Província do Pará.
Continue Lendo...

FATOS & CURIOSIDADES: O desastre de Chernobyl



Na madrugada de 26 de abril de 1986, uma série de explosões na usina de Chernobyl, na cidade de Pripyat, antiga República Socialista Soviética da Ucrânia, lançou na atmosfera um volume de partículas radioativas 100 vezes maior que o liberado pela bomba atômica de Hiroshima, no Japão, após a Segunda Guerra Mundial.



A nuvem tóxica matou centenas de pessoas, deslocou milhares de outras e transformou a área no centro da Europa em um lugar absolutamente hostil à vida. A usina havia sofrido uma sobrecarga de energia durante um teste de capacidade.

O sistema de resfriamento parou de funcionar, o que gerou um superaquecimento do núcleo, que atingiu temperaturas muito quentes.Mas o pior ainda estava por vir. Os moradores tinham sido expostos a doses altas de radiação que poderiam alterar a composição do sangue e provocar diversos tipos de câncer.



A maioria dos soldados que participou das missões de emergência morreu por causa da exposição à radiação e os primeiros jornalistas a chegar no local para fazer a reportagem também foram as primeiras vitimas.

Autoridades dizem que pode demorar até 100 mil anos antes que o local esteja completamente livre da radiação. Felizmente, mesmo diante do legado tóxico do desastre nuclear, é possível encontrar sinais de esperança. Em estudo recente publicado na revista científica Current Biology, cientistas relatam que vida selvagem ressurge triunfante no local, que em muitos pontos se assemelha a uma reserva natural espontânea, repleta de alces, aves, veados, javalis e lobos. E eles estão absolutamente maravilhados de ver como a natureza se mostrou resiliente ao desastre.



É assim que a natureza mostra toda a sua força,após uma tragédia como esta,a vida voltou a renascer e colocar tudo em seu lugar e cabe a nós saber cultivar e cuidar,até mesmo em meio as pedras nasce flor e em lugares secos, manter viva a natureza depende muito de quem cuida dela e sabendo amar tudo florescerá sempre mais belo e mais forte.
Fotos: Reprodução.

Amor, Gratidão e Fé.







Continue Lendo...