segunda-feira, 16 de julho de 2018

Conheça a seleção de 11 musas que roubaram a cena nesta Copa do Mundo



Se você curtiu a Copa do Mundo com olhos além do gramado, percebeu que não faltaram musas neste Mundial.



Foram tantas, que daria para fechar vários times. Confira a escalação de beldades que viraram assunto dentro e fora das quatro linhas.



Vamos a elas:

Desde o fim do ano passado, a russa percorreu países, fez publicidade, foi a simpatia em pessoa, além de linda. É bom o catar se mexer para ter alguém á altura em 2022.



Victoria Lopyreva: embaixadora da Copa







Victoria Lopyreva


Carol Cabrino


A mulher do jogador Marquinhos foi eleita pela torcida como a musa da seleção brasileira, rivalizando até mesmo com Bruna Marquezine, a mais conhecida entre as companheiras dos craques.



A blogueirinha fez praticamente um diário de viagem enquanto esteve se bronzeando nas praias de Sochi.



Carol Cabrino é mulher do jogador Marquinhos


Larissa Pereira


A mulher do jogador brasileiro Firmino apareceu neste Mundial após postar alguns cliques sensuais e de biquíni durante a viagem à Rússia.



Até peças de roupa que usou viraram hit de venda em lojas.



Larissa é mulher do jogador Firmino, da Seleção Brasileira


Ivana Gurgic, a Mrs. Vida


Antes de ganhar o sobrenome do marido, Domagoj Vida, zagueiro da seleção da Croácia, Ivana Gurgic já chamava a atenção no seu país pela beleza estonteante.



A modelo, que tem um filho com o jogador, foi Miss Croácia 2014, quando era loira. Conhecida como Mrs. Vida, ela foi a todos os jogos do marido, que chega á final desta Copa.



Mrs Vida, mulher de Domagoji Vida


Cindy Alvarez


A mulher do volante colombiano Mateus Uribe. Cindy Álvarez García, mãe do casal de filhos do jogador, é uma modelo conhecida na terra de Shakira, com participações em vários concursos de beleza.



A loira chama (e muita) atenção pelos cliques desinibidos em suas redes sociais.



Cindy Alvarez é mulher do volante colombiano Mateus Uribe




A modelo Cindy Álvarez García é casada com o jogador Mateus Uribe


Fernanda e Flavia Ramos, as cunhas de Douglas Costa


Elas chegaram de jatinho à Rússia e se esbaldaram. Fernanda e Flavia Ramos, irmãs de Louise, mulher de Douglas Costa, foram descobertas na torcida do jogador em todos os estádios que a seleção esteve.







Flavia Ramos


Natalia Vodianova


A Supernova, como é conhecida a top russa, foi o rosto desta Copa do Mundo e ainda conduziu o troféu na final.



Aos 36 anos, ela é uma celebridade no mundo da nova e por conta de uma infância pobre e de todas as dificuldades se dedica a cuidar dos mais necessitados.



Natalia Vodianova


Saioa Cañibano


A mulher de Carlos Vela, o famoso camisa 11 da seleção do México, é uma loira linda e discreta.



Os dois estão casados há dois anos e a espanhola deixou o jornalismo para se dedicar ao marido. os dois se conheceram nos bastidores do futebol.



Saioa Cañibano e Carlos Vela se conheceram nos bastidores do futebol



Saioa Cañibano é ex-repórter de TV e cobria esportes


Apontada como affair de Mbappé, a estrela francesa nesta Copa, a Miss França 2017 conseguiu dar até um pulinho na Rússia para acompanhar os feitos do jogador nas quartas de final.



A jovem de 20 anos é ex-atleta de esgrima e nasceu na Martinica.



Alicia Aylies é apontada como affair de Mbappé


Izabel Goulart


A top model brasileira, certamente, foi a torcedora mais gata que o Brasil teve neste Mundial. A noiva de Kevin Trapp, goleiro gato da Alemanha, fez o que pôde para dar força à seleção.



Postou foto de shortinho, barriga de fora, biquíni... Não foi por falta de torcida.



Izabel Goulart



Modelo postou foto com Galvão Bueno na TV



Izabel Goulart torcendo para o Brasil (Fotos: Reprodução)



Extra

Bebê morre de overdose após mãe o amamentar, na Pensilvânia, Estados Unidos

Samantha Whitney Jones


Um bebê de 3 meses morreu de overdose de drogas que foram passadas a ele pelo leite materno.



A mãe, Samantha Whitney Jones, de 30 anos, foi presa e indiciada por homicídio.



O caso ocorreu em abril, na cidade de New Britain (Pensilvânia, EUA). Só agora, após a conclusão da investigação, os detalhes do caso foram divulgados.


No sangue de Samantha foram encontrados traços de metadona, anfetamina e metanfetamina.


Em delegacia, a americana comentou que estava alimentando o bebê com leite em pó havia alguns dias. Mas, naquela noite, ficou com preguiça de descer a escada e deu o peito ao filho.


De acordo com a Fox, paramédicos foram chamados à residência de Samantha e chegaram a levar o bebê a um pronto-socorro. Mas lá nada puderam fazer. O bebê morreu de ataque cardíaco. O pai tinha saído para trabalhar. Com ele ficará a guarda do outro filho do casal, de 2 anos.




Extra


Wesley Safadão consegue antecipar audiência sobre pensão do filho



Wesley Safadão conseguiu antecipar a audiência jurídica sobre a pensão do filho para o próximo dia 27 de julho. Com a presença da ex-esposa, Mileide Mihaile, a sessão acontecerá na 12ª Vara de Família, em Fortaleza, no Ceará.

Segundo o colunista Leo Dias, o julgamento estava previsto para ocorrer somente no fim do mês de agosto. Porém, o artista queria reduzir imediatamente o valor de R$ 9,5 mil pagos mensalmente ao herdeiro, Yudhi, de 7 anos.

Além disso, ele também teria pedido para não pagar os custos processuais e alegado não ter condições financeiras. No entanto, a ação será julgada pelo juiz José Mauro Lima Feitosa, que é conhecido por não se deixar levar pela opinião pública.

Vale lembrar que Mileide Mihaile veio a público expor a situação que está enfrentando contra Safadão. Segundo a morena, que polemizou por suas declarações, o músico teria criado até mesmo uma tabela para limitar os gastos do menino.



Fonte: Famosidades

Anitta desbanca Fátima Bernardes e vira dona do maior cachê da publicidade


Anitta é mesmo o nome do momento. Tanto na música quanto na publicidade. A cantora, de 25 anos, desbancou Fátima Bernardes e se tornou a dona do cachê mais alto da publicidade brasileira.
De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, a Poderosa tem cobrado até R$ 4,5 milhões para estrelar uma campanha comercial em todas as mídias.
Valor semelhante a este, inclusive, só teria sido recebido até então por celebridades como Neymar e Fausto Silva.
Com a ‘bolada’, a estrela superou a ex-esposa de William Bonner, que manteve o posto de maior cachê feminino da publicidade nacional nos últimos quatro anos.
“Anitta está bombando dentro e fora do Brasil. É um sonho de consumo para marcas que querem, e podem, associar suas imagens”, afirmou Fabio Wajngarten, presidente da Controle da Concorrência, ao colunista.
A cantora, vale lembrar, estourou na mídia em 2013.

Fonte: Famosidades

Douglas Sampaio consegue prova contra Jeniffer Oliveira: “Medidas serão tomadas!”


Na última sexta-feira (13), Douglas Sampaio desabafou nas redes sociais a respeito do caso que enfrenta na Justiça contra Jeniffer Oliveira. Após conseguir um vídeo que ajudará a provar sua possível inocência, o famoso ressaltou que não deixará a ex-namorada impune.
“Mentira tem perna curta! O povo que me julgou sumiu? Vergonha! As medidas cabíveis serão tomadas!”, disparou.
O advogado do artista, Sylvio Guerra, afirmou que as filmagens serão favoráveis no julgamento. “Aconteceu exatamente tudo aquilo que havíamos sustentado pois as imagens não trazem nada que pudessem condenar o meu cliente. Além disso, trouxe também o depoimento de três testemunhas”, explicou ao “TV Fama”, da RedeTV!.
Contudo, o profissional também garantiu que a atriz da Globo terá que indeniza-lo por inventar o caso. “Estarei entrando na próxima semana com uma representação criminal por denunciação caluniosa que ela fez ao meu cliente e injúria e difamação. Em um segundo momento, a ação será por danos morais em via própria”, completou.

Fonte: Famosidades

Sabe quem é? Cantora aparece irreconhecível em foto na web



Nesta segunda-feira (16), uma cantora apareceu irreconhecível em foto publicada no Instagram. Os fãs, aliás, ficaram impressionados com a diferença.

“Virou japonesa, amor?”, perguntou um seguidor. “Parece uma bonequinha de cera”, avaliou outro. Já um terceiro brincou: “Imaginei aqueles filmes de terror com a mulher do cabelão preto”.

A famosa em questão é um dos grandes sucessos do momento e comanda atualmente um programa no canal pago Multishow.

Agora ficou fácil descobrir de quem se trata, né? Se você disse Pabllo Vittar, acertou!



Fonte: Famosidades

Zilu diz que chamaria Zezé para cantar em seu casamento: "Se ele topar"


Em entrevista para o programa Hottel Mazzafera, de Matheus Mazzafera, Zilu não deixou a sinceridade de lado e respondeu todas as perguntas picantes do youtuber. Em um jogo de 'come ou responde', no qual a ex-mulher do sertanejo deveria comer insetos caso se recusasse a responder alguma pergunta, Zilu não poupou nomes e contou alguns segredos de seu passado com o ex.
"Você chamaria Zezé e Luciano para cantar em seu casamento?", disparou o youtuber. "Sem problema nenhum, se eles topassem", respondeu a empresária. Ela contou que se casaria de véu e grinalda na igreja, como manda o figurino. "A festa que eu não fiz, porque não tinha dinheiro, eu faria agora", revelou. Ela também entregou que Wanessa foi uma filha que deu muito trabalho, mas que hoje as coisas estão mais calmas entre elas.
Outra revelação feita pela socialite é a de que já esperou quatro horas dentro de um carro para flagrar uma traição do ex. "Hoje, eu falo: ‘Meu Deus, quanta ignorância!’", relembrou. Por fim, Zilu também disse que a cena do filme 'Dois filhos de Francisco' (2005), no qual ela vende as alianças para comprar comida, é real. "Eu não tinha leite para dar para minha filha (Wanessa)", revelou.

Fonte: Notícias ao Minuto

Alcione visita Arlindo Cruz e canta ao lado do sambista; vídeo


Alcione visitou o amigo Arlindo Cruz, que recebeu alta no dia 2 de julho, após passar mais de um ano internado. No encontro, a sambista cantou "O que é o amor" ao lado de Arlindo, compositor da canção.
A imagem foi publicada nas redes sociais da cantora. "Na primeira folga que tive, fui visitar meu amigo irmão Arlindo Cruz, pois estava troncha de saudade! Cantar para ele e ver sua recuperação de perto, massageou meu coração", escreveu ela.
Em recente entrevista ao G1, Arlindinho, filho de Arlindo, contou que o pai tem dias animados quando recebe a visita de amigos, que costumam cantar e tocar instrumentos para ele.
"A gente fica ali o tempo todo em cima dele, fico tocando banjo, fico perturbando o juízo dele, mas ele gosta, fica rindo, fica todo feliz, principalmente quando vai amigo músico tocar também", festeja Arlindinho.
O cantor e compositor sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) em março de 2017. Ele passou mal e foi encontrado inconsciente pela mulher. Pouco mais de 1 ano e três meses internado em um hospital, Arlindo Cruz volta para casa.


Arlindo responde a estímulos

De acordo com a família, Arlindo ainda não consegue falar, mas já responde bem a estímulos.
"Ele não está falando porque ainda não tirou a traqueostomia, por causa da tosse, que ainda é muita. Meu pai fala: 'Tá, tô'. Ele também pisca os olhos, faz sinal de positivo, levanta e mexe a mão", explica Arlindinho.
O tratamento de Arlindo em casa conta com a ajuda de enfermeiros, fisioterapeutas e fonoaudiólogos. "Ele está fazendo fono, reaprendendo a falar, a comer. Meu pai ainda não tem fala espontânea, responde quando a gente pergunta, quando a gente fica ali em cima dele. Isso também quando ele quer, né? Porque tem dias que ele fica um pouco cansado, mais reservado."

Fonte: G1

CBF quer poupar Neymar de amistosos da Seleção



Em conversas preliminares, a cúpula da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) tem manifestado a intenção de ver Neymar fora dos amistosos que a Seleção vai fazer ainda em 2018 – vão ser seis jogos ao todo até o fim do ano. O tema vai ser abordado tão logo se defina quem vai ser o treinador da equipe. Tudo indica que Tite continuará no cargo.

Para a diretoria da CBF, a Seleção pode ajudar muito na recuperação da imagem do jogador, arranhada em razão de sua polêmica participação na Copa do Mundo da Rússia.

A princípio, avaliam os dirigentes, seria conveniente não expor Neymar nos primeiros amistosos do Brasil pós-Mundial. Em setembro, a Seleção já enfrenta os Estados Unidos, na casa do adversário. Querem que ele descanse e possa digerir melhor as inúmeras brincadeiras que viralizaram nas redes sociais, nas quais seu nome é associado a quedas exageradas, em situações de simulação de faltas.

Isso também vai depender da própria disposição de Neymar. Se ele tiver vontade de vestir de novo a camisa da Seleção ainda em 2018, e deixar isso claro, pode fazer parte dos convocados para os amistosos.

Depois do jogo com os EUA, a Seleção ainda vai ter mais cinco datas para amistosos em 2018. Terá que preenchê-las, por questões contratuais.

Fonte: Terra

Fãs de atriz mirim se irritam com Whindersson Nunes


O sábado (14) foi agitado para Whindersson Nunes após uma ‘brincadeira’ com Larissa Manoela. Em seu Instagram, o humorista postou logo pela manhã uma foto em que aparece ao lado da atriz. O problema é que ele utilizou um recurso de imagem que a deixou com a testa enorme, fazendo referência aos diversos comentários dos internautas sobre isso. E isso não caiu bem para os fãs dela. Irritados, eles foram até a publicação e tiraram satisfação com Whindersson e o acusaram de cometer bullying. 
Atento aos diversos comentários, mais tarde ele aproveitou para colocar outra imagem na rede social, desta vez aumentando a sua própria testa com a seguinte legenda: “A foto verdadeira é essa, galera”.

Inscrições a eleições do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano começam Hoje



Debater e fiscalizar diretrizes e instrumentos da Política Municipal de Desenvolvimento Urbano e também coordenar a realização da Conferência Municipal da Cidade são atribuições do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano (CDU), coordenado pela Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Coordenação Geral do Planejamento e Gestão (Segep), que abrirá período de inscrições para novos membros, na segunda-feira, dia 16 deste mês.

As inscrições se iniciam no dia 16 e seguem até o dia 3 de agosto, de segunda a quinta-feira, no horário das 9 às 13 horas, excetuando-se os dias 20 e 27, que são dias facultados no município, na sede da Segep, localizada na avenida Governador José Malcher. Todas as etapas do processo eleitoral serão acompanhadas por representantes do Ministério Público do Estado (MPPA) e da Câmara Municipal de Belém (CMB).

Todo o procedimento e as etapas do edital de inscrições estão publicados no Edital nº 001/2018 - Eleição CDU, divulgado na página da Prefeitura (www.belem.pa.gov.br) e no hall de entrada da sede da Segep. Nestes locais podem ser pesquisadas as legislações correlatas e impressa a ficha de inscrição a ser entregue, bem como a relação de documentos que devem ser anexados para habilitar as entidades à eleição.

Para a titular da Segep, Nazaré Costa, o processo da eleição para o Conselho é o primeiro passo para uma efetiva participação da população nas decisões sobre o desenvolvimento urbano de Belém. “O Conselho foi criado há mais de 20 anos, mas nunca funcionou efetivamente. Agora, é lei promulgada pelo prefeito e estamos trabalhando para que as eleições ocorram de uma forma muito transparente, e para isso, convidamos o Ministério Público e a o Legislativo Municipal para acompanhar todo o processo”, explicou a secretária.

“É importante que as entidades que têm interesse na questão do desenvolvimento urbano da capital paraense participem desse processo eleitoral, para elas possam colaborar nas discussões sobre como conduzir essas questões, que visam à melhoria da cidade”, complementou.

Importância – O Plano Diretor Urbano antes era chamado de Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, mas que nunca foi regulamentado. A atual gestão municipal assumiu o compromisso de discutir os rumos do desenvolvimento do município de forma coletiva e com a participação da sociedade, juntamente com o apoio das instituições de ensino e pesquisa.

Buscando regularizar tão importante entidade, a PMB promulgou a Lei nº 9.313/2017, regulamentando as competências e atribuições do Conselho, seu funcionamento e composição, 25 anos após a primeira iniciativa, tempo em que essa regularização deixou de ser feita.

O CDU tem composição paritária, sendo nove representantes do poder público das Secretarias de Planejamento (Segep), de Urbanismo (Seurb) e de Saneamento (Sesan), de Habitação (Sehab), da Superintendência de Mobilidade Urbana (SeMOB) e da Companhia de Desenvolvimento de Belém (Codem) - e nove representantes da sociedade civil, que são distribuídos sendo dois membros da classe trabalhadora; dois de movimentos sociais e populares; dois da classe empresarial; e três membros de entidades científicas, além de membro indicado pela Câmara Municipal de Belém. 

O Conselho vai deliberar sobre o processo de elaboração e revisão do Plano Diretor do Município de Belém, da lei de uso e ocupação do solo e outras regulações urbanísticas. Delibera também sobre as propostas de detalhamento, leis e demais instrumentos de implementação do Plano; aprecia as propostas do Plano Plurianual (PPA) e da Lei Orçamentária Anual (LOA), quanto aos recursos para a execução das estratégias estabelecidas no Plano Diretor.

Também é responsabilidade do Conselho acompanhar os resultados da evolução urbana de Belém e avaliar os impactos do Plano Diretor do Município, e também promover conferências e assembleias territoriais sobre assuntos de interesse público, dentre outras, como realização da Conferência Municipal da Cidade.

Eleições - Após o resultado e com as inscrições homologadas, será divulgado o local de votação, que ocorrerá os dias 13 e 14 de setembro deste ano. O processo eleitoral elegerá as entidades representativas por cada segmento e só após o resultado - que será publicado no dia 21 de setembro - as entidades eleitas indicarão o nome dos membros titulares e suplentes que a representarão no Conselho.

A regulamentação do CDU, sua posse e funcionamento são os primeiros passos a serem dados para que seja iniciado o processo de revisão do Plano Diretor do Município de Belém, uma vez que, conforme a legislação vigente, o Conselho será o responsável pelo processo, inclusive com a competência de chamar e promover as Conferências Municipais das Cidades.

A comissão que vai gerir o processo eleitoral já está constituída e homologada e é formada por cinco integrantes já nomeados pelo prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho.

Documentação - No ato da inscrição à eleição, as entidades interessadas devem optar em ser membro do Conselho ou apenas ser eleitor no processo.

Para se candidatar a membro do Conselho, os interessados devem apresentar duas vias preenchidas da ficha de inscrição; uma cópia do documento de identificação com foto e CPF/MF do representante legal da entidade; uma cópia da ata de eleição e posse da atual diretoria, registrada em cartório; uma cópia do estatuto ou documentação de constituição, comprovando área de atuação, segmento da sociedade civil a que pertence e data da constituição; uma cópia do CNPJ atualizado; uma cópia de documento que comprove atuação no município de Belém, tais como atas de reunião, eventos promovidos, relatórios de atividades, atestados de órgãos públicos que comprovem a existência da entidade ou movimento social e uma cópia do comprovante de endereço da entidade ou movimento social.

Além dos documentos listados, ao se inscrever ao certame, a entidade deve apresentar também uma via de ofício assinado pelo representante legal e endereçado à Segep indicando o nome da pessoa que representará a entidade ou movimento social no processo de eleição do CDU; uma cópia de documento de identificação com foto, inscrição no CPF/MF e comprovante desse representante indicado pela entidade ou movimento social para participar do processo de eleição do CDU. 

Serviço:

Inscrições para eleições do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano, de 16 de julho e 3 de agosto, de segunda a quinta-feira, das 9 às 13 horas, excetuando-se os dias 20 e 27, na sede da Segep (avenida Governador José Malcher, 2110, entre as travessas Três de Maio e Nove de Janeiro, bairro de São Brás). Informações no site www.belem.pa.gov.br e pelo número (91) 3202 9905.

Agência Belém

Ciclovias e programa de educação estimulam o uso da bicicleta



Em Belém, 53.2% das pessoas que usam bicicleta escolheram esse meio de locomoção como modo de transporte urbano pela rapidez e praticidade. Outros 17.2% fazem a escolha por se preocupar com a saúde, 19.7% pelo baixo custo e 2.2% pela preocupação ambiental. Os dados foram divulgados na segunda edição da pesquisa “Perfil do Ciclista 2018”, uma iniciativa da Parceria Nacional pela Mobilidade da Bicicleta, que traça um perfil dos ciclistas urbanos do Brasil e de cidades da Argentina e Colômbia. No Brasil, foram entrevistados 7.644 ciclistas em 25 cidades das diferentes regiões brasileiras, entre setembro de 2017 e abril de 2018, por mais de 140 pesquisadores. Em Belém, mais de 500 pessoas responderam à pesquisa.

Para atender e ampliar este público, a Prefeitura de Belém está dotando a cidade de equipamentos que estimulam o uso da bicicleta. Na última semana, foi concluída toda a sinalização da nova ciclovia da avenida Bernardo Sayão, com 1km de extensão. Simultaneamente, a equipe de sinalização da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB), vem trabalhando no redimensionamento da ciclofaixa da avenida Pedro Álvares Cabral, da avenida Júlio César até a Arthur Bernardes, e na sequência, a ciclofaixa será ampliada em mais 1,6 km até a avenida Visconde de Souza Franco, quando será interligada à ciclofaixa da Doca, atualmente a única em Belém que não tem nenhuma ligação com outra ciclovia ou ciclofaixa. Isso, somado aos 2 km de ciclofaixa nova implantada no mês de abril na travessa Vileta, indo da Antônio Everdosa à João Paulo II, dentro do projeto do binário Vileta/Humaitá, já são quase 5 km de novas faixas exclusivas aos ciclistas na malha viária da cidade, que atualmente tem 90,5 km de extensão, sendo 18,5 km de ciclovias e 72 km de ciclofaixas.

“Não podemos pensar em novos projetos cicloviários na cidade sem incluir o ciclista. Todos os nossos projetos incluem esse modal, que é um dos principais focos quando se trata em mobilidade urbana”, explica Ana Paula Grossinho, superintendente da SeMOB, que assegura, ainda, que este trabalho é contínuo.

No início do mês, foi ressinalizada a integração da ciclovia da Almirante Barroso e da ciclofaixa compartilhada do Entroncamento com a ciclofaixa da Tavares Bastos. Após a ampliação da ciclofaixa da Pedro Álvares Cabral, será ampliada a ciclovia da João Paulo II, que irá da Dr. Freitas até a área de prolongamento da via que está em obra pelo Governo do Estado. Em breve a equipe de educação para o trânsito da SeMOB iniciará o trabalho educativo na nova ciclofaixa da avenida Perimetral. E os trabalhos não param por aí.

“Nossa intenção é fechar o ano com pelo menos 10 km de novas ciclovias e ciclofaixas, e estamos trabalhando para isso. O trabalho é feito sempre em três etapas: implantação da malha, que começa com o planejamento e culmina com a sinalização; educação, com a equipe de arte-educadores e agentes educadores indo a campo fazer um trabalho de conscientização junto a ciclistas e, principalmente, condutores; e fiscalização, que entra por último para garantir que o direito dos ciclistas seja garantido. Temos uma equipe de agentes ciclistas que atua exclusivamente nas ciclofaixas de Belém”, detalha Marcos Chagas, diretor de trânsito da SeMOB.

Todo esse trabalho de planejamento da malha cicloviária é feito em diálogo com os grupos de ciclomobilidade de Belém. Técnicos da SeMOB e representantes desses grupos têm reuniões mensais onde são expostas ideias e debatidas viabilidades e aplicações. “Este diálogo permanente é importante, porque a gestão tem que estar alinhada com o que eles vivenciam no dia a dia das ruas. Por isso essa contribuição da sociedade civil é tão importante”, justifica a superintendente da SeMOB.

Graças a essa parceira foi criado o Programa Permanente de Educação para o Trânsito da Prefeitura de Belém, com foco em especial no ciclista, instituído por meio de decreto do prefeito Zenaldo Coutinho. O programa conta com uma comissão formada por representantes da Prefeitura e da sociedade civil organizada, e, mais do que pensar em obras, centra o trabalho em pensar campanhas educativas de massa, o que atende a outro ponto importante da pesquisa: 50% das pessoas entrevistadas afirmam não ter segurança no trânsito, número bem maior diante dos que reclamam da infraestrutura (37.9%), da falta de segurança pública (5.6%) e da falta de sinalização (3.9%).

José Ramos, um dos cicloativistas mais atuantes em Belém, é uma das lideranças da sociedade civil no Programa Permanente de Educação para o Trânsito. Ele mesmo foi um dos que participou de forma voluntária da pesquisa “Perfil do Ciclista 2018”, colaborando na coleta de informações. “Foram cerca de 500 pessoas entrevistadas, das quais eu entrevistei 142. Dividimos a pesquisa em três pontos da cidade que chamamos de área central, área periférica e bem periférica, e eu procurei ficar nos três pontos para ter uma amostragem bem ampla”, detalha.

Ramos diz que a pesquisa ratificou o que muitos dos cicloativistas já observavam. Como o fato de que, em Belém, a maioria dos ciclistas, 83.5%, usam o modal para se deslocar ao trabalho. “Podemos dizer que temos três tribos, até quatro, que andam de bicicleta em Belém. Tem os que andam nos passeios à noite, ou sábado e domingo de manhã. Essas pessoas são as que investem em bicicleta, usam capacete, luvas, estão mais paramentados. Tem o grupo do pessoal do esporte, que usa a bicicleta para treinar como na avenida João Paulo II. Tem o outro grupo que faz o chamado cicloturismo, que usa a bicicleta para viajar para outras cidades, e esse é mais raro. Mas o grupo mais importante é o das pessoas que usam no dia a dia a bicicleta, o trabalhador, a mãe que leva a criança para a escola de bicicleta, o operário da construção civil, e etc. Esse grupo existe muito antes de se fazer qualquer propaganda dos benefícios de se andar de bicicleta e é mais para essa gente que o Programa Permanente de Educação para o Trânsito volta o principal foco de suas ações”, diz Ramos.

Um dos pontos de partida é começar pela forma como o ciclista é enxergado dentro do espaço urbano. “No Brasil, e em cidades como Belém, realmente a pessoa de mais baixa renda vai sempre usar a bicicleta e por isso existem preconceitos diversos que associam esse meio de transporte a quem não pode comprar um carro. Também há o preconceito de que bicicleta não é para mulheres. E quando você vai para a Europa vê todas as pessoas usando a bicicleta, inclusive executivos chegando para reuniões de bicicleta. Há cidades, como Londres, em que há zonas do centro em que automóvel nem entra, e nessas cidades bicicleta é uma opção de vida por diversos motivos, inclusive pelo fato de que as cidades não comportam mais tantos carros”, explica Ramos.

Com o Programa, pretende-se, entre outras coisas, que os ciclistas conheçam seus direitos e deveres, e que os demais atores da mobilidade urbana, em especial o motorista, respeitem quem está pedalando ao seu lado. “É preciso ter a ampliação das ciclovias para o ciclista se sentir seguro de pedalar. Eu mesmo morro de medo de atravessar a rua e ser atropelado. Mas não basta isso e esse Programa vai fazer algo muito bom para a cidade. É preciso educar, fazer mudar a consciência, mostrar ao condutor que, inclusive, o ciclista é um aliado, porque quando se tem uma bicicleta a mais na rua se tem um carro a menos, o que ajuda na fluidez do trânsito para todos. Sem contar com a melhoria da qualidade de vida de toda a cidade, não só da vida de quem pedala”, conclui José Ramos.

Por Esperança Bessa




Agência Belém

Orla de Icoaraci é opção para quem busca tranquilidade nas férias



Distante a aproximadamente 20 km do centro da capital paraense, a orla de Icoaraci, distrito de Belém, é opção de lazer para quem procura um ambiente mais tranquilo durante as férias escolares do mês de julho.

A doméstica Elizabeth Ferreira, 39, saiu do bairro da Pratinha, para aproveitar este domingo, 15, ao lado da família em Icoaraci. “Aqui a gente tem tranquilidade para trazer as crianças que podem brincar. É o primeiro final de semana que estamos saindo para aproveitar”, disse.
“A gente sempre gosta de vir pra cá. Aqui é calmo, longe da agitação, tem a brisa da praia, a paisagem, o pôr do sol, é perfeito”, comentou Euri Marinho, 47, do Parque Guajará, frequentador assíduo da orla de Icoaraci ao lado da esposa Liege Maia.

As barracas de água de coco, distribuídas ao longo da orla, são paradas obrigatórias para quem passa pelo local. A aposentada Conceição Parente, 76, saiu de Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, com os amigos para passear em Icoaraci. “Vale a pena a gente vir tomar água de coco aqui, com essa vista maravilhosa, vale muito a pena”, destacou.

Ainda em Icoaraci, a feira de artesanato do Paracuri proporciona ao visitante levar uma lembrança do distrito. A professora Vânia Ferreira, 48, que é do Rio de Janeiro e está a passeio em Belém com a filha, não perdeu a oportunidade de adquirir um dos produtos da feira. “Estou gostando de Belém. Vim primeiro conhecer a orla de Icoaraci e parei aqui na feira. Já estou levando uma lembrancinha”, contou satisfeita.

De frente para a Baía do Guajará a orla conta, também, com dezenas de restaurantes, bares, lanchonetes e barracas de comidas típicas. O local costuma ter um fluxo maior de pessoas nos finais de semana.

Para quem gosta e quer aproveitar o agito da orla, a Prefeitura de Belém através da Agência Distrital de Icoaraci (Adic), irá promover dentro da programação Verão 2018, shows regionais no anfiteatro da orla, nos dias 20 e 27 de julho, às 19 horas.

Por Sarah Mendes




Agência Belém

Rebaixamento das pistas do elevado da Augusto Montenegro entra na etapa final



O rebaixamento das pistas que passam sob o elevado "Engenheiro José Augusto Affonso", localizado no cruzamento da avenida Augusto Montenegro com as avenidas Centenário e Laércio Barbalho, entrará em nova etapa a partir da próxima terça-feira, 17, para conclusão dos serviços em até 45 dias. Com a primeira etapa das obras já concluída na pista sentido Belém/Ananindeua, toda a pista no sentido contrário - Ananindeua/Belém - receberá os mesmos serviços e será fechada a circulação de veículos.

Para isso, o tráfego será desviado para a nova pista, no sentido Belém/Ananindeua, que ficará em mão dupla até o fim das obras. "Como a nova pista já está rebaixada, o tráfego de ônibus e caminhões ocorrerá normalmente, sem precisar de desvios, como ocorreu na primeira etapa", avisa o diretor de trânsito da SeMOB, Marcos Chagas. Assim como ocorreu na primeira etapa, serão colocados blocos de concreto para delimitar os desvios e separar as duas faixas, por medida de segurança dos motoristas, e continuam valendo os mesmos pontos de início do desvio, na altura da delegacia da Cabanagem, na Laércio Barbalho, e na área de retorno localizada às proximidades da travessa Major Miguel, na avenida Centenário. 

Também serão fechadas para obras as duas pistas laterais da Augusto Montenegro, paralelas ao viaduto, desde o cruzamento que será fechado até a rampa que dá acesso ao elevado, próximo ao supermercado Líder e ao posto de gasolina Iccar. Agentes de trânsito e apoiadores operacionais da Semob estarão prestando ordenamento e orientações durante a operação. Quem estiver na Av. Centenário e quiser acessar a Augusto Montenegro, no sentido Icoaraci, poderá fazê-lo pela travessa Major Miguel, ou poderá entrar pela avenida Transmangueirão, acessar a Augusto Montenegro e seguir no sentido Icoaraci por cima do elevado.

Os serviços a serem executados serão os mesmos já realizados na primeira etapa: escavação, drenagem, terraplenagem e pavimentação. “O rebaixamento das vias transversais ao elevado é necessário para garantir a trafegabilidade abaixo do elevador até a altura máxima de 5,5 metros, exigida pelo DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes). Até agosto, entregaremos para a população um novo sistema viário na área abaixo e no entorno do elevado, com novas pistas, retornos, área para estacionamento, calçadas e ciclovia”, explica o diretor de obras da Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb), Reinaldo Leite.

Elevado – A partir da próxima segunda-feira, 16, o tráfego sobre o elevado, no sentido Icoaraci/Entrocamento, também sofrerá uma alteração devido à necessidade de manutenção preventiva da junta de dilatação da pavimentação do elevado. Será necessário desviar o tráfego da faixa de veículos leves, que seguem no sentido Entrocamento, para o corredor do Sistema Bus Rapid Transit (Sistema BRT). Essa intervenção foi realizada entre os dias 28 de junho e 9 de julho no sentido Entronacamento/Belém, que agora já está com trânsito normalizado.

O desvio ocorrerá exclusivamente dentro do elevado, com os veículos sendo desviados para dentro do corredor do BRT logo na subida, e saindo imediatamente após a descida. Uma canalização na área irá orientar os condutores para o desvio, que, nos primeiros dias, terá reforço de agentes de trânsito da Semob, até que não haja dúvidas sobre o novo fluxo na via. O desvio visa garantir a segurança e a fluidez do trânsito durante a execução do serviço, que deve durar sete dias, atendendo a normas técnicas vigentes.
Confira, nas imagens, os mapas dos desvios e interdições na área abaixo do elevado para fazer o rebaixamento e do serviço que vai ser realizado sobre o elevado, pista de subida sentido Entroncamento.

Por Jaqueline Ferreira




Agência Belém

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Russo abandona esposa que acha Cristiano Ronaldo melhor que Messi


Um russo largou a esposa porque ela acha Cristiano Ronaldo melhor do que Messi.

A discussão entre o casal da cidade de Cheliabinsk colocou um ponto final no matrimônio de 14 anos.

De acordo com o jornal local Argumento I Fakti, Arsen e Lyudmila, como foram identificados, se conheceram em um bar durante a Copa do Mundo de 2002.


O apito final do relacionamento aconteceu após a vitória da Argentina sobre a Nigéria (2-1), que classificou a seleção sul-americana para as oitavas de final do torneio.

O apito final do relacionamento aconteceu após a
vitória da Argentina sobre a Nigéria

Enquanto Arsen queria celebrar, Lyudmila insistia que Cristiano Ronaldo era superior a Messi. Foi a gota d’água para o russo, que juntou as coisas dele e saiu de casa.


“Desde o início da Copa do Mundo, ela zombou de Messi e disse que ele não conseguia sequer marcar uma penalidade contra a Islândia”, explicou Arsen.

A discussão entre o casal da cidade de Cheliabinsk colocou
um ponto final no matrimônio de 14 anos

“Não pude me conter e disse a ela o que pensava sobre o vaidoso Ronaldo, a seleção nacional portuguesa e todos os clubes que ela gosta”.

No dia seguinte ao abandono do lar, o russo deu entrada no processo de divórcio.

O homem não aceitou que Messi fosse comparado a CR7 (Fotos: Reprodução)

Nem a boa campanha russa no torneio conseguiu deixar as diferenças do casal de lado, que já deveria saber desde o começo: o craque dessa Copa é o Neymar!

R7

Da tribo indígena ao pornô, conheça a história de Bambola Star, novo fenômeno da internet


Angélica, Cleo Pires, Miguel Falabella e Luciana Gimenez são algumas das celebs que se renderam ao bordão de Bambola Star, a nova febre da internet. Acriana radicada na Itália há 30 anos, a trans e ex-atriz pornô lota o feed de seu Instagram com vídeos em que diz: “Bom dia, Brasil. Boa tarde, Itália. Estou de cara lavada, com água e sabão, e só um batonzinho Dolce & Gabbana”.

O que pouca gente sabe é que por trás da persona engraçada há uma história bem triste. “Sou da tribo dos índios Kaxinawá. Fugi de um igarapé entre o Acre e o Peru, aos 11 anos, e, até chegar no Rio, fui abusada diversas vezes por caminhoneiros que ofereciam carona”, disse, muito emocionada, por telefone, à reportagem.

Batizada José Francisco de Araujo, Bambola (“boneca” em italiano) adotou o nome artístico aos 17 anos, quando chegou na Itália.

Resultado de imagem para Da tribo indígena ao cinema pornô.



“Me perdoe pelo português, mas quando criança, só falava Huni-Kuí, a língua dos Kashinawás, e há 30 anos só falo italiano”, disse a moça que, de forma traumática, descobriu cedo suas preferências sexuais.

Bambola Star: travesti acreana é a nova sensação do Instagram

“Sempre soube que era homossexual, mas só percebi que me identificava mais com o gênero feminino, aos 12 ou 13 anos, quando usar sainhas era uma das poucas alegrias que eu tinha na vida”.