sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Estudante filma professora usando cocaína na sala de aula


No vídeo é possível ver a professora separando a droga sobre um fichário e depois inalando a substância sob a mesa.
O estudante que filmou o vídeo escondido comunicou o acontecido ao diretor, que decidiu chamar a polícia para prender a professora.
Ela foi presa por posse de drogas e liberada após pagar fiança.

Fonte: Blog do Estagiário

Mulher de 136 kg mata namorado na sentada


A norte-americana Mia Landingham, de 136 kg, foi condenado nesta semana por ter matado seu namorado Mikal Middleston-Bey, de 54 kg, após sentar sobre ele durante uma briga.
Durante a briga, Mia sentou em cima de Mikal e acabou matando-o involuntariamente. O cala morava juntos e tinha três filhos.
Mia recebeu uma sentença de três ano de liberdade condicional e 100 dias de serviço comunitário.

Fonte: Blog do Estagiário

Jovem fingia ser garota na internet para enganar crianças


Os alvos do jovem de 18 anos eram garotos com idades entre 11 e 16 anos. Ele pedia que as crianças se masturbassem diante da câmera e depois gravava as imagens.
Após gravar as imagens, ele as chantageava e obrigava-as a fazer outros atos sexuais.
Ele fez dois irmãos fazerem sexo oral um no outro e também tentou fazer outra criança a fazer sexo com um cachorro.
Ele foi descoberto quando o pai de uma das crianças foi verificar as mensagens que o filho trocava em seu tablet.
No computador do suspeito, também foram encontradas fotos de abuso sexual infantil. Ele conversava pela internet com sete crianças.
Harry Johnson foi condenado a seis anos de prisão em St Albans, no Reino Unido.

Fonte: Blog do Estagiário

Conheça o pão fitness feito com grilos


Cada pão contém em média 70 grilos, resultando numa dose extra de ácidos graxos, cálcio, ferro e vitamina B12.
Mas não ache que vai encontrar os grilos no meio do pão. Os insetos são secos e transformado em pó, que é misturado à massa do pão.
A própria ONU, Organização das Nações Unidas, recomenda o consumo de insetos, alegando que eles são saudáveis e fonte de diversas proteínas e minerais.
Atualmente apenas 47 padaria nas Finlândia estão produzido o pão. No entanto, o pó de grilos pode ser comprado em diversas partes do mundo para fazer receitas caseiras.

Fonte: Blog do Estagiário

Dermatologista ensina como manter a pele mais jovem e sempre saudável



Para ter a pele sempre bonita, é preciso ter disciplina e apostar em alguns cuidados diários. A dermatologista Aline Vieira, supervisora de ensino do ambulatório de Cosmiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), explica que cada tipo de pele precisa de cuidados específicos, mas que com os hábitos certos é possível ver mudanças significativas em pouco tempo:


1 - Quais são os fatores e/ou hábitos que pioram a qualidade da pele do rosto? Quais são os cuidados que se deve ter para manter a pele saudável e bonita?
Exposição solar sem proteção, uso de sabonetes não específicos para seu tipo de pele e com pH não específico para o rosto, cigarro, não retirar a maquiagem antes de dormir, utilizar maquiagem que causa obstrução dos poros levando a formação de cravos e espinhas, espremer as espinhas do rosto.

Para manter a pele saudável: lavar o rosto com um sabonete próprio para o rosto e específico para seu tipo de pele, remover a maquiagem antes de dormir, utilizar maquiagem sem óleo (principalmente nas peles com tendência a formação de acne), utilizar filtro solar diariamente, fazer limpeza de pele frequentemente, não utilizar água quente para lavar o rosto (pode aumentar a oleosidade).

2 - Quais são os sinais de que a pele do rosto está mal cuidada?
Presença de poros abertos, cravos e espinhas, excesso de oleosidade (aspecto de pele brilhando), presença de placas vermelhas e descamativas na face (dermatite seborreica).


3 - Quais são as dicas de cuidados para pessoas com pele oleosa, seca ou mista?
A pessoa com pele oleosa deve lavar o rosto com sabonetes que diminuem a produção de sebo pelas glândulas sebáceas e que controlem a oleosidade durante o dia, pode usar loção secativa depois de lavar o rosto. Hoje existem filtros solares que possuem substâncias com ação matificante, como partículas siliconadas que vão "puxando" a oleosidade durante o dia e impede que a luz reflita na face o que aumenta o aspecto de pele brilhosa e durante a noite utilizar substâncias comedolíticas e/ou anti-inflamatória para combater ou prevenir formação de acne.

Seca: sabonete com ação hidratante, loção tônica, filtro solar com substâncias anti envelhecimento (por exemplo anti oxidantes) e hidratantes, a noite pode usar cremes hidratantes associados com ácido retinóico ou glicólico, vitamina C, fatores de crescimento ou substâncias tensoras.


Pele mista: sabonete que diminua a oleosidade, mas que não resseque a pele, filtro solar sem óleo ou com substâncias que controlam a oleosidade, noite pode usar gel-creme ou serum com substâncias específicas para prevenir ou diminuir os sinais de envelhecimento e a formação de cravos.


4 - Quais são os tratamentos para manter a pele do rosto saudável e bonita e evitar ou retardar procedimentos mais agressivos? E com qual frequência eles devem ser realizados?
Além dos cuidados citados na pergunta anterior pode-se fazer peelings químicos com ácido retinóico ou ácido glicólico para prevenir envelhecimento e estimular formação de colágeno. Também pode ser realizado peeling de ácido salicílico para diminuir a inflamação do acne (seca as espinhas). Estes peelings podem ser feitos com intervalo de 10 a 15 dias entre cada sessão no total de 6 a 10 sessões. Também pode ser realizado peelings físicos que removem a camada córnea fazendo uma renovação celular e estimulando formação de novas células deixando a pele com aspecto mais jovem e de bem cuidada, além disso, eles também ajudam na remoção dos cravinhos. Pode ser feito a cada 15 dias 6 a 10 sessões.



Fonte: O Globo

Chá de hibisco controla os níveis de colesterol, regula a pressão arterial e facilita a digestão



A flor de hibisco tem diversos benefícios para a saúde, tais como: controlar os níveis de colesterol, regular a pressão arterial, facilitar a digestão, impedindo que parte do carboidrato e da gordura dos alimentos sejam absorvidos, e anular a ação do hormônio antidiurético presente nos rins.


Emagrecedor
Por ajudar a acelerar o metabolismo, um dos usos mais populares do chá de hibisco é voltado à perda de peso. Com grande quantidade de flavonoides e ácidos orgânicos, substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias, o chá de hibisco estimula a queima de gordura corporal, previne a retenção de líquidos, facilita a digestão e regulariza o intestino, contribuindo para a perda de peso. Essas mesmas substâncias ajudam o corpo a se desfazer das toxinas, as grandes vilãs do emagrecimento. Dois flavonoides são importantes para quem deseja perder peso: a quercetina, que proporciona a ação diurética, e a antocianina, que evita o acúmulo de gordura. Esses mesmos flavonoides também ajudam a aumentar o “colesterol bom” (HDL) e a diminuir o “colesterol ruim” (LDL).

Redução de colesterol
Por possuir quantidades expressivas de antioxidantes, o chá de hibisco é ótimo quando o assunto é redução de colesterol. Os antioxidantes auxiliarão a reduzir os níveis do colesterol ruim, protegendo a saúde das doenças cardíacas e também protegendo os vasos sanguíneos do corpo.

Contra as doenças do fígado
Ainda devido à grande quantidade de antioxidantes, o chá de hibisco pode ser utilizado para garantir uma proteção a mais para o fígado. Isso pode ser afirmado pois os antioxidantes ajudarão a neutralizar os radicais livres presentes nas células e tecidos do corpo. Desta forma, além de proteger o fígado, o chá de hibisco será um grande aliado no tratamento de doenças relacionadas a este órgão.

Anti-inflamatório e antibacteriano
Por ser rico em ácido ascórbico (a famosa vitamina C), o chá de hibisco é um forte estimulante do sistema imunológico de nosso corpo. Portanto, o consumo balanceado do chá de hibisco irá proporcionar um fortalecimento geral da saúde, garantindo as propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas desta flor, prevenindo resfriados e gripes.

Para o equilíbrio hormonal: contra os sintomas menstruais e de TPM
O chá de hibisco também pode ter seu uso e efeito no alívio de sintomas e dores menstruais. Por auxiliar na restauração do equilíbrio hormonal, o chá de hibisco traz inúmeros benefícios na redução dos sintomas da menstruação.

Chá de hibisco é antidepressivo
Por possuir diversas vitaminas e minerais (como flavonoides), o chá de hibisco é um conhecido antidepressivo natural da medicina. O seu consumo regulado irá ajudar efetivamente na redução dos sintomas de depressão e também ansiedade, ajudando a relaxar a mente e também o corpo.

Controle da pressão arterial pelo chá de hibisco
Um relatório publicado em 2008 pela American Heart Association mostra que o chá de hibisco é um poderoso agente na redução da pressão arterial em adultos hipertensos. Isso significa que o consumo regular do chá de hibisco será capaz de auxiliar e ajudar aqueles que sofrem com alta pressão constante, caracterizados pelo quadro de hipertensão.

Chá de hibisco é bom para a digestão
Por incrementar o funcionamento do intestino o chá de hibisco também pode auxiliar na digestão, facilitando que o organismo seja capaz de digerir e eliminar os alimentos rapidamente. Portanto é um bom chá para ser tomado após as refeições além da ajuda na perda de peso já mencionada acima.


Fonte: GreenMe

Pílula do dia seguinte não é 100% eficaz para combater gravidez indesejada



A pílula do dia seguinte é uma pílula contracetiva de emergência. É composta por medicamentos que podem prevenir a gravidez indesejada quando tomada das primeiras horas até 3 dias (72 horas) após a relação sexual desprotegida. Mas não há nenhuma garantia de que a pílula funcione ainda que se saiba que a sua eficácia é maior quanto mais cedo ela for tomada. O índice de eficácia varia entre 52% a 94%, segundo a Organização Mundial de Saúde.

Como funciona a pílula do dia seguinte?
Existem dois tipos de pílula no mercado: uma cartela com apenas um comprimido de 1,5mg de levonorgestrel e outra com dois comprimidos de 0,75mg dessa substância. Naquela que tem duas doses, a primeira pílula deve ser tomada logo após o coito e a segunda, após 12 horas.

O levonorgestrel, que é um tipo de progesterona, ajuda a inibir ou retardar a ovulação, dificultando a passagem do espermatozóide e bloqueando a implantação do óvulo. Ou seja, o medicamento atua em duas frentes, quando não consegue impedir a ovulação e ocorre a fecundação, ele tenta impedir a nidação do zigoto através de alterações causadas à espessura do endométrio.

Entretanto, independentemente da dosagem, a pílula é uma "bomba hormonal", já que é um método de emergência, e não preventivo, como explica a ginecologista Felisbela Holanda, da Unifesp.

Existe o risco de engravidar tomando a pílula do dia seguinte?
Não há garantia de que pílula do dia seguinte funcione. Apesar de haver um alto índice de eficácia, o risco de ela não funcionar é de 5% se for tomada nas primeiras 24 horas após o ato sexual.
Isso é importante ressaltar pois a pílula não atua como método de prevenção e caso já tenha havido a formação do feto, a pílula do dia seguinte pode acarretar sérias consequências, como hemorragia e aborto, que são fatores de altíssimo risco para a vida da mulher.
O uso frequente diminui sua eficácia? Quanto?
De acordo com o ginecologista Marco Aurelio Pinho de Oliveira, os riscos de engravidar aumentam mais 5% a cada vez que se toma a pílula em um curto intervalo de tempo. O efeito porém não é cumulativo e sua eficácia volta a ser alta (máximo 95% de chance de não engravidar) alguns meses depois.

Efeitos colaterais da pílula
Dentre os demais efeitos da pílula, ela pode causar dores de cabeça e no corpo, náuseas, diarreia e vômito, além de alterar o fluxo hormonal da mulher, provocando sangramento, dores ou atrasos na menstruação. Mas isso não é nada se se pensar que os hormônios são tudo para a nossa saúde, eles regulam desde o nosso humor ao nosso metabolismo e a pílula, por ser uma bomba de hormônios, pode até engordar. 
O uso de tabaco e álcool com a pílula é muito perigoso, pois tais substâncias potencializam os níveis de estrogênio no organismo, um vasoconstritor que incrementa o risco de haver derrame (Acidente Vascular Cerebral) e trombose.
Além disso, o uso frequente e irresponsável da pílula do dia seguinte pode até causar infertilidade.

Efeitos colaterais da pílula associada ao anticoncepcional normal
Se a pílula do dia seguinte já é uma bomba de hormônios (uma contém a quantidade hormonal de 10 pílulas) imagina se tomada juntamente com a pílula anticoncepcional normal de cartela. Apesar de não haver estudos sobre isso, os seus efeitos colaterais podem ser maiores e mais intensos, diz o ginecologista Claudio Bonduki.

Fonte: GreenMe

Pipoca faz bem à saúde, não engorda e até previne algumas doenças


A pipoca, se preparada e consumida da forma correta, pode trazer vários benefícios para nossa saúde, pois possui nutrientes importantes para o organismo. O problema está nos acompanhamentos utilizados no preparo. "A margarina e a manteiga não são indicadas, pois saturam mais rápido que o óleo. E quanto mais saturada, pior para nossa saúde, pois provocam aumento do colesterol ruim, o LDL, e a redução do colesterol bom, HDL, além de aumentar a quantidade de calorias", explica a nutricionista Paula Castilho. A quantidade de sal e temperos prontos também deve ser controlada, já que a concentração de sódio, em excesso, aumenta os riscos de hipertensão arterial e pode desencadear outras disfunções como retenção líquida e sobrecarga renal. A nutricionista esclarece alguns mitos e verdades sobre a pipoca. Confira!

Pipoca faz mal.
Mito. A pipoca pode ser uma alternativa saudável, quando comparada a outros aperitivos de alta densidade energética e com baixos nutrientes. Por ser um cereal integral natural, está associado ao auxílio no controle do peso corporal e na redução do risco de doenças crônicas, como diabetes e doenças cardiovasculares. O alimento também possui grande quantidade de fibras, por isso, tende a melhorar o funcionamento intestinal tanto na regularidade quanto na consistência e na formação do bolo fecal, beneficiando também a saciedade.

A pipoca pode ajudar na prevenção de doenças.
Verdadeiro. Por conter altas doses de polifenóis, antioxidantes que protegem as células do organismo contra os danos causados pelos radicais livres, a pipoca desacelera o envelhecimento, além de prevenir doenças degenerativas, como o câncer. Também eleva a concentração de antioxidante, que auxiliam na prevenção do diabetes, câncer, controle dos índices de colesterol, triglicerídeos e da glicemia, retardando o processo de esvaziamento gástrico. Por conter zeaxantina e luteína, duas substâncias antioxidantes que contribuem com a saúde dos olhos, previne ainda a catarata e degeneração macular.

A pipoca doce faz mais mal que a salgada.
Verdade. A pipoca doce é mais calórica, pois tem o açúcar. Logo faz mais mal.

A pipoca tradicional é melhor que a de micro-ondas.
Verdade. As pipocas de micro-ondas também devem ser evitadas, pois possuem excesso de conservantes e sódio, além de serem extremamente calóricas.

A pipoca não deve ser consumida diariamente.
Mito. O consumo pode ser de 20 g ou 1 ½ xícara ao dia. Mas acrescentar complementos como queijo, bacon, sal, leite condensado, entre outros, faz mal, especialmente por conta das calorias. O segredo é colocar apenas um fiozinho de óleo na hora de estourar, além de pouco sal. Um saquinho da versão sem óleo tem 30 calorias.

A pipoca não pode substituir uma refeição.
Verdadeiro. Ela não pode substituir uma refeição inteira, mas ainda assim é uma boa escolha na hora de comer uma "besteira". Mas apesar de possuir muitos antioxidantes, não podemos esquecer de consumir verduras e frutas, pois a pipoca não tem os mesmos benefícios. O ideal é ter uma dieta equilibrada.

A pipoca é perigosa para quem tem diabetes.
Mito. A pipoca possui o amido resistente, e esse carboidrato passa intacto (ou quase) pelo aparelho digestivo e, assim, não provoca altas repentinas nos níveis de glicose.

Fonte: Vix

Eleições: aprovação de Huck chega a 60%, diz pesquisa



O apresentador de televisão Luciano Huck, cujo nome tem circulado como possível candidato à Presidência da República, teve melhora significativa de imagem nos últimos dois meses. Segundo a pesquisa Barômetro Político Estadão-Ipsos, a aprovação ao nome de Huck apresentou um salto de 17 pontos porcentuais desde setembro, passando de 43% para 60%. Já a desaprovação caiu de 40% para 32% no mesmo período.
Com isso, Huck passou a ser a personalidade com a melhor avaliação entre as apresentadas pelo Ipsos aos entrevistados. Todos os demais 22 nomes do Barômetro Político deste mês, porém, são do mundo político ou do Poder Judiciário, mais sujeitos ao desgaste do noticiário.
A pesquisa Ipsos não é de intenção de voto. O que os pesquisadores dizem aos entrevistados é o seguinte: “Agora vou ler o nome de alguns políticos e gostaria de saber se o (a) senhor (a) aprova ou desaprova a maneira como eles vêm atuando no País”.
“Não me surpreende que Luciano Huck tenha melhorado em aprovação”, disse Danilo Cersosimo, diretor do Ipsos. “Esse salto tem muito a ver com o fato de seu nome ter sido cogitado como candidato e de ele próprio ter dado indícios de que gostaria de concorrer. Mas o ponto é se isso vai se converter em votos. Se a eleição fosse hoje, ele teria um desempenho razoável, mas não esse cacife todo.”
Para Cersosimo, por mais que Huck seja simpático para uma parcela considerável da opinião pública, seus indicadores de aprovação não diferem muito dos de outras celebridades televisivas. “As pessoas estão avaliando um Luciano Huck que aparece há 15 ou 20 anos na televisão”, observou o diretor do Ipsos. “Ele não tem a imagem desgastada por embates políticos, ainda não foi testado em um debate, por exemplo.”
Evolução
Entre os presidenciáveis, o primeiro a aparecer no ranking de aprovação do Barômetro Político, depois de Huck, é Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 43% de avaliação positiva e 56% de negativa. As taxas do ex-presidente estão em tendência de melhora paulatina desde junho. A eventual candidatura de Lula, porém, depende da Justiça – uma condenação em segunda instância pode inviabilizar legalmente sua participação na campanha.
Em empate técnico com Lula está o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, que foi convidado pelo PSB a disputar a Presidência, embora nunca tenha manifestado em público essa intenção. Barbosa tem 42% de aprovação.
Marina Silva (Rede) apresentou oscilação de 36% para 35% em sua avaliação positiva nos últimos dois meses. A desaprovação subiu de 51% para 56%.
O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou a perder apoio na opinião pública: sua avaliação negativa subiu de 56% para 63%. A taxa de aprovação ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) oscilou de 22% para 24%.
O juiz Sérgio Moro, titular da 13.ª Vara Federal de Curitiba e conhecido por sua atuação no julgamento de acusados da Operação Lava Jato, foi aprovado por 50% dos entrevistados neste mês.
Fonte: Estadão

Jô Soares abre o baú de recordações e conta sobre filho morto em autobiografia


O apresentador e humorista Jô Soares abriu o baú de fotos e recordações em “O livro de Jô - Uma autobiografia desautorizada - Volume 1”, escrita em parceria com Matinas Suzuki Jr e recém-chegado às livrarias. Ele, que no dia 16 de janeiro completa 80 anos, relembra fatos curiosos de sua infância, passada entre o Copacabana Palace e o Jockey Club, no Rio de Janeiro, e se emociona ao lembrar do filho, Rafael, morto em 2014, aos 51 anos.
Jô, que na infância era chamado de Zezinho, nasceu quando a mãe, Mercedes, já estava com 40 anos. No aniversário de 4 anos, em 1942, ela fez uma festa inovadora: os meninos deveriam se vestir de cozinheiro e as meninas, de camareira. Entre os convidados, estava a futura atriz Joana Fomm. Para ficar parecido com um autêntico chef, dona Mercedes foi até a cozinha do Copa para reproduzir chapéu, calça e até o lenço usado no pescoço.
Com a mesma idade, Zezinho acompanhou o pai, Orlando, ao Grande Prêmio Brasil do Jockey Club, e virou atração: o pequeno estava em traje de gala, com direito até a cartola.
Jô garante que, mesmo temporão, não se sentia superprotegido. “Meus pais me criaram com rara liberdade e independência”. Num Natal, Jô pediu a Papai Noel uma estrela de xerife, igual às que via nos filmes de caubói. Depois de rodar as lojas do Rio, a mãe soube de uma promoção de sabonete, que oferecia o item com brinde. Comprou várias quantidades do produto, mas nada do prêmio. Até que foi bater na fábrica, para explicar o que estava acontecendo. Só arredou pé quando o fabricante, já cansado, cedeu uma peça. O pequeno quase desmaiou de emoção quando viu a estrela em cima da árvore.
Gordinho, ele sofria para subir a ladeira íngreme que dava acesso ao Colégio de São Bento, onde estudou. Num piquenique na praia, ele passou o dia inteiro debaixo do sol, sem camisa. Muito branco, virou um pimentão vermelho, com queimaduras de segundo grau por todo o corpo. A família só sossegou quando ele conseguiu fazer xixi, sinal de que o rim não havia sido lesionado. “Parecia cerveja preta, mas todo mundo achou bom”. Durante alguns dias, ficou dormindo sentado, na beira da cama, pois não conseguia encostar a pele no lençol.
Aos 12 anos, ele acompanhou a Copa de 50 e relata a emoção de ver o Brasil golear a Espanha, com o espetacular placar de 6 x 1. Jô conta que, em determinado momento, as pessoas que estavam no Maracanã começaram a cantar a marchinha “Touradas em Madri”, numa explosão de felicidade. Jô também esteve na final, quando o Brasil perdeu o título para o Uruguai. “O trauma da derrota apagou da minha mente boa parte daquele jogo”.
Aos 13, o hoje poliglota Jô embarcou com os pais para Nova York em um avião da Pan Am, que tinha um bar no deque inferior. Querendo mostrar desenvoltura no inglês, começou a conversar com um americano, que quis saber o que seu pai fazia. Orlando, que trabalhava com câmbio, acabou virando dono de uma empresa transportadora de valores, tamanha a dificuldade do menino em encontrar as palavras certas.
Com a mesma idade, em Paris, ele encontrou seu ídolo Orson Welles (diretor de “Cidadão Kane”) e, ao pedir autógrafo, ganhou de presente o passaporte do cineasta, que estava no maior porre. O menino ficou radiante, mas o pai o fez devolver o documento imediatamente.
Na adolescência, quando estudou num colégio interno da Suíça, Jô conheceu sua primera namorada: a alemã Angela Munemann. Pouco mais velha que ele, era cobiçada por todos os seus colegas. Nessa época, ele era remador. E foi vendo suas habilidades no esporte que a moça trocou o nobre russo Rudolf pelo brasileiro.
Sempre discreto em relação ao filho Rafael, ele conta no livro todo o drama que viveu. Filho de seu primeiro casamento com a atriz Theresa Austregésilo, em 1959, Rafinha nasceu em 1963. O apresentador revela que viveu 40 segundos de alegria, até ouvir o médico dizer: “Ele nasceu com hipospádia, um problema genético”. Tempos depois, os pais descobriram que ele também era autista. Jô viveu essa dor em silêncio.A mãe largou a carreira de atriz para cuidar do filho, que morreu em 2014, aos 51 anos, depois de uma batalha contra o câncer.
Outra passagem emocionante do livro se passa em 1977, quando - ao descer de um táxi - Jô ouviu uma frase surpreendente do motorista, que se recusou a receber o pagamento: “Fui eu que matei a sua mãe”. Dona Mercedes havia morrido atropelada em 1968, aos 70 anos. Abismado com a surpresa que o destinho preparou, Jô falou: “Você não matou a minha mãe, foi um acidente”. O taxista continuou: “Faz anos que não consigo dormir. Só vou conseguir se o senhor me perdoar. Seu Jô, acho que foi Deus quem arrumou este nosso encontro”. “Você está perdoado”, disse o apresentador.
Fonte: Extra

Bial recebe Jô Soares no "Conversa com Bial" desta sexta


Um bem humorado e emocionado Jô Soares é o convidado desta sexta-feira (24), do ‘Conversa com Bial’. Ele relembra momentos de suas seis décadas de carreira e fala sobre a nova obra “O Livro de Jô – Uma Autobiografia Desautorizada”. A posse na Academia Paulista de Letras, no ano passado, foi o empurrão que faltava para que as memórias fossem colocadas no papel. "Pela primeira vez, já com 78 anos de idade, tive que escrever sobre mim mesmo“. 

O resultado da decisão é uma obra monumental, escrita com o jornalista Matinas Suzuki Jr. Nas quase 500 páginas estão passagens memoráveis na televisão, no teatro e no cinema, além de detalhes da vida pessoal do humorista. Na conversa com Pedro Bial, Jô fala muito sobre a mãe, Mercedes Leal, que engravidou dele aos 40 anos, e o pai, o empresário Orlando Heitor Soares. 

Muito emocionado, Jô também lembra de seu filho Rafael Soares, que faleceu em 2014, aos 50 anos, em decorrência de um câncer. “Rafael tinha autismo, uma doença que ninguém conhecia direito quando ele nasceu. Sempre tive muito orgulho de seu talento musical. Era pianista, concertista, dono de um ouvido absoluto", conta Jô. 

Exibido após o ‘Jornal da Globo’, ‘Conversa com Bial’ com a participação de Jô soares vai ao ar no dia 24 de novembro

Fonte: VCFAZ.TV

Leia mais: http://www.vcfaz.tv/artigo.php?t=244266#ixzz4zLp0tXAE
Follow us: @vcfaztv on Twitter | vcfaztv on Facebook

Filho de Faustão faz rara aparição em ida ao cinema com a mãe




Na noite de terça-feira (21), várias celebridades prestigiaram a pré-estreia do filme Os Parças, estrelado por Tom Cavalcante, Whindersson Nunes e Tirulipa, em São Paulo. Entre os presentes, estavam a mulher de Fausto Silva, Luciana, e o filho do meio, João Guilherme.

Quem também levou as filhas para curtir o cinema foi Zezé DiCamargo com Wanessa e Camila Camargo e Ronaldo com as filhas Maria Alice e Maria Sofia. O longa-metragem estreia oficialmente no dia 30 de novembro.

O filme conta a história dos três amigos que são chantageados e enganados por um tranbiqueiro, interpretado por Oscar Magrini, e precisam organizar uma festa de casamento sem nenhum dinheiro no bolso. Se não conseguirem, os protagonistas terão que encarar o maior contrabandista da famosa Rua 25 de Março em São Paulo, pai da noiva, Paloma Bernardi.

Por: Revista Quem