JEPs: definidas as equipes que representarão o Pará na etapa nacional



A 60ª edição dos Jogos Estudantis Paraenses (Jeps) encerrou neste domingo (24), na Arena Guilherme Paraense, em Belém. Após dois dias de competições, foram conhecidas as 16 equipes das modalidades coletivas de Basquete, Vôlei, Futsal e Handebol, nas categorias "A" (12 a 14 anos) e "B" (15 a 17 anos) que vão representar o Pará na etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, em setembro. Promovido pelo Governo do Estado do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Educação, os Jeps são o segundo evento esportivo juvenil mais antigo do Brasil.

Ao longo de seis décadas, a iniciativa propõe integrar a comunidade escolar das redes pública e privada; contribuir para a formação de cidadãos; disseminar a cultura da paz e descobrir talentos esportivos. Desde 1994, a Seduc, por meio da Diretoria de Ensino (DEN) e Departamento Educacional de Atividades Físicas (Deaf), estimula uma ampla mobilização para aumentar a participação dos estudantes não só da capital como do interior do Estado, oferecendo atividades atrativas e de qualidade, obtendo resultados expressivos.

Este é o caso de Rondon do Pará. O time de Handebol Feminino B do município já acumula dez títulos. Ao longo destes dez anos, tiveram a oportunidade de participar de nove edições da etapa Nacional. Em 2017, o time foi vice-campeão na competição. "Enfrentamos um time bem preparado, mas apenas um vai para a próxima etapa. Mesmo com a experiência em nacionais há dez anos, a dedicação é como se fosse a primeira participação", conta o técnico do time de Rondon, Antônio Fernandes.

Atleta de Rondon, Vitória Alves, 17 anos, aluna da Escola Estadual Dr. Dionísio Bentes de Carvalho, fez seis dos 18 pontos que garantiram a vitória do seu município contra 15 do time de Breves. "Esse é o resultado de um trabalho coletivo. Eu e minhas colegas treinamos muito para chegar até aqui. Agora, o treinamento vai ser intenso para que a gente possa representar bem o Pará e conquistar o primeiro lugar na etapa nacional", disse.

Neste ano, participaram 80 municípios nas etapas municipais; 68 nas etapas regionais e 29 na etapa estadual. "A grandiosidade dos jogos mostra o comprometimento do Governo do Estado na promoção de políticas públicas para a juventude. Ficamos felizes com o resultado de participação de atletas de mais de 80 municípios de todo o Estado", destaca a coordenadora geral dos Jeps, Ana Glória Guerreiro, do Núcleo de Esporte e Lazer (NEL) da Seduc.

A partida acirrada de Handebol entre Parauapebas e Breves garantiu o primeiro lugar para a escola da região de Carajás, com 17 pontos. O artilheiro do jogo marcou 6 dos 17 pontos de seu time. Francisco Gabriel Nascimento, 14 anos, é aluno da Escola Municipal Fernando Pessoa. "Jogo há três anos como armador direito e fico muito feliz em jogar com meus companheiros. Com essa vitória, é a terceira vez que vou disputar a etapa nacional", frisou.

A equipe de Breves ficou em segundo lugar, mas a medalha de prata tem a importância maior para a técnica Ana Cláudia Barros, que dedica-se ao Esporte há 27 anos. "Para o nosso time, chegar até a final da etapa Estadual é a nossa maior vitória. Enfrentamos 14 horas de barco para chegar até Belém e eles não contiveram a ansiedade. Não levamos a medalha de ouro, mas os sonhos de cada um deles permanece vivo", disse emocionada.

Na ocasião ainda foram realizadas partidas do campeonato paraense de Volei Feminino Adulto, com Paysandu e Bodytech. Além de jogos dos campeões de 2017 no Handebol Masculino, com os times Carajás (Parauapebas) e Remo (Belém), e no Feminino - Handfuturo (Tucuruí) e RHC (Rondon do Pará).

Organização

Cerca de duas mil pessoas trabalharam de forma direta e indireta na realização dos jogos. O evento contou também com apoio da Secretaria de Estado de Comunicação (Secom), Fundação de Telecomunicações do Pará (Funtelpa), Corpo de Bombeiros Militar do Pará e Secretaria de Estado de Saúde (Sespa).

Dos 144 municípios paraenses, o NEL alcança cerca de 4 mil alunos, de mais de 300 escolas e promove o treinamento de atletas em várias modalidades. Este ano, participaram da etapa Estadual 29 municípios. Em reconhecimento ao trabalho e dedicação ao esporte, o homenageou servidores que fizeram parte da trajetória de 60 anos dos Jeps. Entre os nomes está o de Raimunda Fernandes Albuquerque, conhecida como professora Dica, a primeira coordenadora do Núcleo, que tanto se dedicou ao esporte e à Educação Física no Estado. Na ocasião, ela foi representada pela sua filha, Graça Albuquerque.

Este ano, em parceria com a Fundação de Telecomunicações do Pará (Funtelpa), as partidas finais da etapa Estadual foram transmitidas ao vivo na programação da TV Cultura, canal 2.

Organizada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), a etapa nacional será realizada em Manaus (AM), de 19 a 23 de setembro, e Natal (RN), de 12 a 25 de novembro. Além das modalidades coletivas (vôlei, basquete, futsal e handebol), o Pará vai levar representantes nas modalidades individuais. São elas: vôlei de praia, tênis de mesa, badminton, natação, atletismo, ginástica rítmica, luta olímpica, xadrez e ciclismo.

Confira a lista de campeões que vão representar o Pará nos Jogos Escolares da Juventude, realizado pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB):

CATEGORIA A (12 A 14 ANOS)

Vôlei feminino - Colégio Gentil Bittencourt (Belém)
Vôlei masculino - Colégio Santa Rosa (Belém)
Basquete feminino - Colégio Santa Catarina de Sena (Belém)
Basquete masculino - Colégio Santa Catarina de Sena (Belém)
Futsal feminino - Colégio Santa Madre (Belém)
Futsal masculino - Centro Educacional João Paulo II (Bragança)
Handebol feminino - Escola Municipal Professora Odízia Correa Farias (Breves)
Handebol masculino - Escola Municipal Fernando Pessoa (Parauapebas)

CATEGORIA B (15 A 17 ANOS)

Vôlei feminino - Colégio Impacto (Belém)
Vôlei masculino - Colégio Ideal (Belém)
Basquete feminino - Colégio Santa Rosa (Belém)
Basquete masculino - Colégio Santa Rosa (Belém)
Futsal feminino - Centro Educacional Madre Celeste (Belém)
Futsal masculino - Colégio Santa Rosa (Belém)
Handebol feminino - Escola Estadual Dr. Dionísio Bentes de Carvalho (Rondon do Pará)
Handebol masculino - Colégio Sucesso (Belém)

Por Camila Barros

Agência Pará
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabia que a mulher mais alta do Brasil é paraense? Conheça

Belém ganha nova Agência de Namoro e Matrimônio

Após injetar cimento, transexual recupera feições com procedimento