DESTAQUES

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Dia ‘D’ da campanha contra o sarampo e a poliomielite leva vacina aos shoppings de Belém

   Mobilização ocorre neste sábado (18) em todo Pará. Somente em Belém, a vacinação ocorre em 300 postos de saúde.

Vacinação contra a poliomielite é feita por via oral. (Foto: Divulgação)
(Foto:Divulgação)


Neste sábado (18) é o dia “D” da campanha de vacinação contra o sarampo e a poliomielite no Pará. A vacina pode ser encontrada nos postos de saúde. Em Belém, a vacinação ocorre em 300 postos, distritos e ilhas, incluindo as Unidades Básicas de Saúde (UBS), Estratégias Saúde da Família (ESF) e nos shoppings Pátio Belém, Parque Shopping, Castanheira, Bosque Grão Pará e Shopping Metrópole, este último localizado em Ananindeua.
Até esta quinta-feira (16), 62.509 doses de vacina contra a poliomielite foram aplicadas em crianças de todo o Pará e outras 63.682 serviram para prevenir o sarampo. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sespa), o quantitativo corresponde a cerca de 11% do público-alvo para ambas as doenças.
A ação deste sábado (16) tem o objetivo de incentivar a vacinação e chegar mais próximo da meta de 90% do público alcançado. Para atender a esse público, o Ministério da Saúde enviou à Sespa 1,5 milhão de doses das três vacinas, sendo 41.830 mil doses da Vacina Inativada Poliomielite (VIP), 743.200 mil doses da Vacina Oral Poliomielite (VOP) e 713.500 mil da Tríplice Viral. As doses foram enviadas aos 13 Centros Regionais de Saúde, que fazem a distribuição aos municípios.
Devem se vacinar crianças de um a cinco anos, independente da situação vacinal. Para a poliomielite, as crianças que não tomaram nenhuma dose durante a vida, receberão a Vacina Inativada Poliomielite (VIP). Já os menores de cinco anos que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a Vacina Oral Poliomielite (VOP), a gotinha.
Em relação ao sarampo, todas as crianças receberão uma dose da vacina Tríplice viral, independente da situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

Por: G1 Pará

Nenhum comentário: