DESTAQUES

domingo, 12 de agosto de 2018

EXTRATERRESTRES: Você acha que estamos sozinhos no universo?


  Vida extraterrestre é a vida que não se origina a partir do planeta terra. É também também chamada de vida alienígena. Muitas pessoas são céticas quanto a ideia de existir vida extraterrestre, alienígenas e ovni's. Contudo, alguns acreditam nisso, pois bem, acreditando ou não, existem mistérios que deixam qualquer um pensativo quanto ao "Alienígenas".

  Um dos grandes mistérios sobre eles é a abdução e pessoas que estão imersas nesse universo acreditam que esse fenômeno está ligado a uma raça que é chamada de Greys. Eles são os famosos aliens baixinhos e olhudos, esses seres abduziriam seres humanos para fins de estudos biológicos.

  No Brasil a quase 41 anos depois, existe muito mais perguntas do que respostas para explicar, de fato, o que foram aqueles corpos luminosos que sobrevoaram a região, em 1977 e que criaram o mito do "chupa chupa".

  O aparecimento desses UFOs começaram na época pelo Maranhão e de lá o fenômeno veio sendo relatado por toda a região nordeste do Pará, como Viseu,Vigia,Santo Antônio do Tauá, Belém (no bairro da pedreira e na Baia do sol, em Mosqueiro).

  No entanto, foi em Colares que fica a 100 km de distância da capital paraense, que os ataques e as ocorrências foram mais fortes. A cidade inteira ficou em pânico e muitas pessoas com medo, deixaram a cidade. As luzes apareciam na mata e logo sumiam, um mistério que até hoje ninguém sabe explicar e que ficou conhecido como operação prato.

  Vejamos outros casos:

*ET de Varginha, Brasil 1996.
*Caso Roswell,Estados Unidos, 1947.
*Caso Villas-Boas, 1957.
*Caso do forte de Itaipú,1957 também.
*A noite oficial dos OVNIs, no dia 19 de maio de 1986.

  Chegará o dia em que todos deixaremos de questionar sobre quem são os extraterrestres e se de fato existem ou não. Na opinião de vocês queridos leitores de fatos e curiosidades,o governo esconde de nós a existência desses seres? 

Até a próxima e cuidado com os ETS, beijinhos!

Nenhum comentário: