Maitê Proença move processo contra Globo e pede R$ 500 mil


Ocorreu na manhã desta terça-feira (31), na 54ª Vara do Trabalho da cidade do Rio de Janeiro, a primeira audiência entre Maitê Proença e a TV Globo. O valor inicial é de R$ 500 mil de indenização por direitos trabalhistas reivindicados por 37 anos de serviços prestados na emissora, porém, pode vir a ser muito mais que o valor mencionado.

No processo, que corre sob segredo de justiça, Maitê Proença convocou a filha como advogada para representá-la, além do advogado Tulio Claudio Ideses.

Maitê não teve seu contrato renovado desde o segundo semestre de 2016. No fim do ano passado a demissão da atriz foi marcada por polêmica ao descobrir através da imprensa que o seu contrato não seria mais renovado.

Em entrevista ao Roda Viva, da TV Cultura, em novembro de 2017, Maitê falou:

"Foi muito estranho, não tive nenhum aviso. Quando começaram os boatos de que eu já tinha sido dispensada, liguei para a pessoa que tinha me dito que o contrato seria renovado e ela me falou que, de fato, ia ser descontinuado"
Assim como Maitê, Carolina Ferraz também moveu processo contra a emissora, reivindicado seus direitos trabalhistas, porém, a quantia de Carolina é bem maior: Entre R$ 5 e 7 milhões.


Foto: Divulgação




Por: Rafael Silva

Postar um comentário

0 Comentários