Velhice- um olhar de amor... Aprendendo a conviver e a ser um idoso!

 
(Foto: Reprodução)

  A velhice é considerada a terceira idade da vida humana e para alguns o idoso pode ser considerado o chefe da família e que serve de exemplo, um conselheiro para os filhos e netos, um colo quentinho de carinho para todos os momentos.

  Já para outros, o idoso é visto como alguém que não é mais útil à sociedade, tratados como problemas na vida de seus familiares. Já na sociedade japonesa, podemos destacar o respeito por seus idosos, pois as crianças crescem aprendendo a entender que os mais velhos, são responsáveis por grande parte do conhecimento, da cultura e sabedoria.

  Quanto mais a idade avança, mais o idoso se fragiliza, o cabelo torna-se grisalho e mais fino, a deteriorizaçao dos dentes provoca sua queda, ficam mais propícios a perda de peso e memória.
Cada ser humano ao longo de sua vida, vive de maneira singular suas mudanças psicológicas, biológicas, intelectual e espirituais, compondo assim o seu ciclo de vida.

  Com o passar do tempo o corpo gradativamente se desgasta, mas a mente tem a capacidade de tornar-se cada dia mais viva e ativa. Sabemos que a vida é breve e que os anos passam rápido demais, cada um de nós, sabe a dor e a alegria de ser o que é.

Uma pergunta que não podemos deixar de fazer depois dos 60 é: quem cuidará de mim? Invista nos bons amigos,aqueles que não importa a situação, sempre estão ao seu lado, invista em sua família, pois os vínculos gerados pelo afeto e cumplicidade criam um relacionamento de reciprocidade.

  Cuidar de alguém em sua velhice, é fazer o bem aquele que,um dia,já fez isso por você também.
Não maltrate, não seja intolerante, não humilhe, pois a sensação para eles é de que, o mundo não é mais o seu lugar.

Termino mais uma de minhas publicações e espero que através de minhas palavras possa tocar o coração de alguém em relação aos nossos velhinhos e peço que tenham mais paciência, bondade, tolerância e tempo para estar ao lado deles.

"Os que amam profundamente,jamais envelhecem,podem morrer de velhice,mas morrem jovens. O amor  é a imagem de Deus,mas não uma imagem da vida.É isto sim,a verdadeira essência de toda a natureza divina,que fulga em bondade." (-Martinho Lutero).

Até a próxima, beijos de luz!


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabia que a mulher mais alta do Brasil é paraense? Conheça

Belém ganha nova Agência de Namoro e Matrimônio

Após injetar cimento, transexual recupera feições com procedimento