Destaques 2019 Pará Business-Compromisso Social/Segurança Pública


José Fernandes Alves de Lima Neto, atua há 19 anos na Segurança Pública do Estado do Pará, detém a patente de Major, e atualmente é Sub-Comandante da Ronda Ostensiva Motorizada (ROTAM). Possui Formação Superior em Segurança Púbica e Cidadania pelo IESP/UEPA.

Sua Carreira Militar é muito vinculada a operacionalidade de Ações Policiais no Combate ao Crime, atualmente é o Oficial da Polícia Militar com mais elogios em ficha funcional, acumulando um total de 112, diretamente ligadas a operações bem sucedidas. São inúmeras ações que envolvem tomada de reféns(negociações), apreensão de entorpecentes, intervenções policiais, prisão de traficantes dentre outras. Inclusive, sempre foi destaque na Corporação pela efetividade, respostas imediatas e resultados positivos frente as ações de combate ao crime no Estado, conquistando certificados, diplomas em reconhecimento do trabalho que desenvolve.

É um profissional que além de trabalhar para a garantia e manutenção da Ordem Pública, atua também na prestação de contas mediante à sociedade, mantendo a população paraense informada, através dos meios de comunicação, sobre as ações da Polícia na luta contra o crime.

O Major destaca sua Trajetória Militar:
  • Comandante de 5 Companhias Operacionais, passando por 4 Batalhões da Capital: 2º Batalhão (Canudos), 10º Batalhão (Icoaraci), 1º Batalhão (Val de Cães) e 24º Batalhão (Maguari).

Dentre suas qualificações constam: Curso de Força Tática (Polícia Militar/Pará); e Curso de Policiamento em Eventos (Polícia Militar/São Paulo).

O Major Lima Neto atuou de forma expressiva e satisfatória, na linha de frente, em áreas localizadas na periferia de Belém como Una, Cabanagem, Benguí, Pratinha, Tapanã, Maguari e Satélite, que são bairros com altos índices de criminalidade, respondendo de imediato aos casos que envolvem a desordem social.

Profissionais como ele, merecem todo o reconhecimento e respeito, pois abrem mão da sua própria segurança em detrimento da segurança de toda a sociedade. 




Postar um comentário

0 Comentários