Faltando poucas semanas para o Enem, alunos da rede pública podem revisar conteúdo

Aulões de reforço do Pro Paz Enem reiniciaram no segundo semestre. Videoaulas na internet são ferramenta para o aprendizado.

(Foto: Reprodução)

Neste segundo semestre, estudantes da rede pública do Pará intensificaram a preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os aulões de reforço do Pro Paz Enem reiniciaram neste segundo semestre. A caravana já passou por Bragança, Viseu, Curuçá, São Miguel do Guamá, Rondon do Pará, Parauapebas, Marabá, Paragominas, Belém, Tucuruí, Santarém e Breves. A agenda segue até as vésperas da prova com aulões simultâneos em todos os finais de semana. Tem ainda videoaulas no You Tube para auxiliar os jovens.

A aluna da Escola Estadual Joaquim Viana, do bairro do Coqueiro, Kathlene da Silva Marques, 17 anos vai prestar o Enem pela primeira vez. Estudante de escola pública, ela está se esforçando para conquistar uma das vagas das universidades públicas no curso de Arquitetura ou Música e, para isso, cursa o terceiro ano do ensino médio, assiste a vídeoaulas está inscrita para assistir aos aulões de revisões. Ela é um dos 281.808 inscrito que neste ano vão prestar o exame no estado do Pará.

O coordenador do Pro Paz Enem, Raimundo Rodrigues, explica que a preparação para o Enem começou cedo este ano. “Nós levamos o projeto a diversos municípios no primeiro semestre, sempre com salas lotadas de estudantes. Neste ano, começamos as aulas mais cedo com o objetivo de percorrer mais municípios justamente porque sabemos que a cada ano o exame está mais competitivo e só entra na universidade aquele que está mais bem preparado”, disse.

A nota do Enem é requisito para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), voltado para quem deseja estudar em instituições públicas de ensino do Brasil; o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que financia cursos não gratuitos em instituições privadas; e o Programa Universidade para Todos (Prouni), que oferta bolsa de estudo parciais e integrais para a graduação, por isso a preparação é essencial.

Exemplo

O estudante universitário Breno Cavalcante, 21 anos, aluno de engenharia civil na Universidade Federal do Pará (UFPA) está no quarto semestre do curso. Antes de entrar na universidade ele participou dos aulões do Pro Paz Enem e conseguiu o segundo lugar na classificação geral do curso.

Para os alunos que irão prestar o exame, o Breno aconselha que o esforço seja redobrado neste período de revisão. “Foi bastante difícil conquistar uma vaga em um curso dos mais concorridos como o de Engenharia Civil. Tive que ter muita dedicação de minha parte. Tive que abdicar de minha vida social só para me de dedicar ao Enem e o aulões tiveram um papel decisivo nesta conquista”, disse.

Enem 2018

Este ano, 5.513.662 participantes estão aptos para fazer as provas de 4 e 11 de novembro, 11% destes inscritos são da Região Norte. No estado do Pará são 281.808 inscritos.

Para participar dos aulões, o aluno só precisa acessar o site da Fundação Pro Paz e fazer a inscrição para o aulão que ocorrerá no seu município. As aulas são nos finais de semana e os professores abordam os quatro eixos temáticos que o exame pede. O projeto conta também com as apostilas do conteúdo programático sendo oferecidas para download online para quem se inscrever nas aulas. Com informações de G1 Pará
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabia que a mulher mais alta do Brasil é paraense? Conheça

Belém ganha nova Agência de Namoro e Matrimônio

Após injetar cimento, transexual recupera feições com procedimento