Poeta Antônio Moura lança o livro “A outra voz”



O poeta e escritor Antônio Moura lançou o seu mais novo trabalho. Trata-se do livro de poemas “A outra voz”, editado pela Editora Patuá, de São Paulo, e lançado em uma sessão de autógrafo, na capital paraense.

Antônio nasceu em Belém, e tem 55 anos de idade, e uma longa trajetória na literatura brasileira desde a década de 90. Acumula mais de sete livros publicados tanto no gênero poético, como traduções. Os livros “Dez” (1996) e “Hong Kong & outros poemas (1999) são os primeiros escritos publicados pelo escritor.

Além do Brasil, o mercado literário internacional tem evidenciado o trabalho do belenense, seja através de revistas ou coletâneas. Suas obras já percorreram os Estados Unidos, México, e países europeus, como Portugal, Alemanha, Inglaterra e Espanha.

Em 2008, o livro Rio Silêncio recebeu o Prêmio John Dryden, em Londres, na Inglaterra. Anos seguinte está mesma obra foi distribuída para vários países europeus com tradução para as línguas espanhola, catalão, alemão e francês. Também foi premiado na edição de 2012 da Bolsa de Pesquisa e Experimentação do Instituto de Artes do Pará (IAP) com o projeto-livro Nau sem porto-A correspondência inescrita entre Rainer Maria Rilke e Paulo Plínio Abreu.   



Acompanhe um dos poemas do livro “A outra voz”

Presente em tudo e sempre oculto, serpente
verde e imóvel entre a folhagem, imagem

que não se vê nem ouve-se mas sente-se
perpassar todas as formas que armam

nosso breve arco riscado a giz de nuvem
sobre a impalpável escuridão do mundo

Enigma, da superfície ao fundo, vulto
transparente atravessando o véu do tempo,

reunindo, em sua única voz todas as vozes
do vento, céu vazio, rio sem foz e nascimento,

círculo invisível em volta de seu próprio
mistério – eterno, terreno, intocável, aéreo,

círculo invisível em volta de seu próprio
mistério – eterno, terreno, intocável, aéreo,

o silêncio, Deus da poesia, diz mais um dia

o silêncio, Deus da poesia, diz mais um dia do vento, céu vazio, rio sem foz e nascimento,



Texto: Silvano Viana


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabia que a mulher mais alta do Brasil é paraense? Conheça

Belém ganha nova Agência de Namoro e Matrimônio

Após injetar cimento, transexual recupera feições com procedimento