Cantores tucuruienses radicados em São Paulo lançam EP


Foto: Ilana Zaninni

Após duas canções de enorme sucesso, os paraenses de Tucurui, Nigel Anderson e Haroldo França, que formam a dupla CTRL+N lançam seu primeiro EP, intitulado “Grita”. O show que estréia o novo trabalho ocorreu em Sesc Santo Amaro, em São Paulo.
Considerados as novas vozes da militância LGBTI, os cantores visam através da arte levar mensagens de protesto contra a desigualdade e intolerância de gênero e reivindicar respeito e políticas para a comunidade: “Como artistas, temos a responsabilidade de conversar com o tempo em que vivemos, e esse tempo precisa nos respeitar como somos e como vivemos”, afirma Haroldo França, ao se reportar ao atual contexto político-social do país em que muitos pregam discursos de ódio contra os homossexuais, mulheres, negros, estrangeiros, entre outros.
Suas duas músicas Eu Prefiro (Beyoncé) e Afeminada, repercutiu positivamente nas redes sociais, tanto que somente no youtube alcançaram milhões de visualizações. Elogios também vieram aos montes e de artistas de renomes nacionais, como Daniela Mercury, Anitta e Liniker.

O primeiro EP conta, além dos primeiros single, com mais quatro músicas que falam sobre o cotidiano, “a dor e a delícia”, de ser homossexual no país. As batidas são convidativas a não parar de dançar ouvindo do início ao fim.
Para Nigel Anderson, o EP pretende quebrar tabus: "Mais do que uma voz que reverberar do nosso lugar de fala, o desejo que tínhamos era de fazer desse EP um grito pela liberdade sexual, pela quebra de padrões normativos, tanto dentro quanto fora do universo LGBTQIA+, um grito também de celebração pelo orgulho que temos de ser quem somos e seguir resistindo, mesmo em tempos tão sombrios. Quando experimentamos o feminino nessa palavra - grita - vimos que ela ficou ainda mais potente e se tornou um convite para todos gritarem conosco".



Texto: Silvano Viana (Língua de Tesoura)

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabia que a mulher mais alta do Brasil é paraense? Conheça

Belém ganha nova Agência de Namoro e Matrimônio

Após injetar cimento, transexual recupera feições com procedimento